Cale a boca
Não fale nada mais agora
Pois o silêncio expressa mais que as tuas frases tortas
Cale a boca
Agora é tarde eu tranco a porta
Vou me embora dessa vida louca sem demora

Eu me matei por não saber
Me viver
E vencer a luta contra esse amor de mentira
Que mentira
Eu me perdi no teu olhar
Que cilada
E hoje a minha dor é um farol que nunca apaga

Cale a boca
Eu ordeno
Eu já não tenho medo
Pois hoje eu possuo o antídoto pro teu veneno
Cale a boca
Não me venha com essa história sonsa
Em você sempre me falta alguma coisa

Eu me matei por não saber
Me viver
E vencer a luta contra esse amor de mentira
Que mentira
Eu me perdi no teu olhar
Que cilada
E hoje a minha dor é um farol que nunca apaga

Cale essa tua boca rasa
De onde nunca sai nada que me valha
Cale a boca
De qualquer maneira
Deixe ela costurada
Só assim não tenho que ouvir o seu nada

Eu me matei por não saber
Me viver
E vencer a luta contra esse amor de mentira
Que mentira
Eu me perdi no teu olhar
Que cilada
E hoje a minha dor é um farol que nunca apaga

Composição: Isabella Taviani
Enviada por Maiara. Legendado por Felipe.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Isabella Taviani

Ver todas as músicas de Isabella Taviani