Ultima Ceia

Irmãs Leonel

Os dias passaram e a hora chegou
E lá no cenáculo a cear os chamou
Sentados à mesa, o pão Ele tomou
Silêncio profundo quando Ele falou

Na mesa o pão e o vinho também
Era o sinal do corpo e do sangue de alguém
Era a santa aliança para nos remir
Jamais beberei até que volte a cumprir

Depois de cear, um hino cantou
E se levantaram, ao suplício marchou
Seu sofrer foi tão grande que se angustiou
Era última ceia que aqui celebrou

Vem cear, o Mestre chama, vem cear
Mesmo hoje tu te podes saciar
Poucos pães multiplicou
Água em vinho transformou
Vem, faminto, a Jesus, vem cear
Sim neste sangue lavado
Mais alvo que a neve serei

Oh, oh, sangue, oh, oh, sangue
Oh, oh, sangue de Jesus

Enviada por Taysson. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog