Tordilho Colorado

Sport Club Internacional

Correu notícia que um gaúcho nos esperava lá no Japão
O Ronaldinho do Barcelona que todos diziam que era o campeão
Esse gaúcho saiu de um time que se achava sempre o bonzão
Fazia aposta, dava até presente que quem ganharia era o catalão
Mas o colorado que entrou em campo, não acredita em assombração
Em Yokohama topou desafio, com Pato, Iarley, Índio e Fernandão

Era domingo, clareava o dia, em todo o estado o povo se reunia
O juiz apita e o jogo começa, cruzei os dedos tive um arrepio
Foi só Barça chutar bem perto, que algum gremista por perto sorriu
Ainda disseram que o time do Inter traria outro vice para o Beira Rio
Fim do primeiro e eu gritei pro povo,segundo tempo fim do desafio
E a gremistada berrava que nunca, nós levaria a taça pro Brasil

Sentindo câimbra o Fernandão tombou, também o Pato estava cansado
Gremista logo foi ironizando, o Inter tá morto, agora tá pelado
Compraram vela, fizeram caixão, a nossa alma estava encomendada
Só a torcida não abandonava o título, a taça, a tanto sonhada
Dale a pouco veio o Gabirú, recebe a bola muito bem passada
Tira pro lado e mete no canto e a felicidade agora é Colorada

Ainda ouço o grito do povo, que solta foguete queimando estopim
O Colorado bate o Barcelona, fazendo a cara arrastar no capim
Tinha um gremista no meio do povo, 23 anos, caçoou de mim
Que eu não tinha um título mundial, olhei pra ele e falei assim

Sou Colorado e campeão do mundo
Ganhei do Barça e mereço sim
Levar pra casa o meu troféu da Fifa
E o teu argumento agora chega ao fim

Composição: Paulo Mafra / Teixeirinha
Enviada por Adriano. Revisões por 5 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog