Valentine

Ingrid St-Pierre

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Valentine

Je te dévore des yeux tout cru
Et je file à tes trousses dans la ruelle
Telle une imparfaite inconnue
Je te frôle en douce en criminelle

Je collectionne tes alentours
Jalousant les amantes trop belles
Et coûte que coûte mon amour
J’ai des sarbacanes dans les prunelles

C’est une histoire qui n’en finit plus de ne jamais commencer
Et toute seule sur un banc je te regarde passer

Je lis par-dessus ton épaule
Tes bouquins, Les Coloriés, Shakespeare
Pour que nos pensées se frôlent
Toi et moi sous la même couverture

C’est une histoire qui n’en finit plus de ne jamais commencer
Et toute seule sur un banc je te regarde passer

Namorados

Achei que você devora todos os olhos
E eu vou em seus calcanhares no beco
Tal imperfeito desconhecido
Eu escovo gentilmente criminoso

Eu coleciono seu entorno
Os amantes ciumentos bom demais
E não importa o que o meu amor
Eu zarabatanas nos olhos

Esta é uma história que nunca termina nunca começar
E sozinho em um banco eu assisto você ir

Eu li sobre seu ombro
Seus livros, colori-los, Shakespeare
Para os nossos pensamentos pastar
Você e eu sob a mesma capa

Esta é uma história que nunca termina nunca começar
E sozinho em um banco eu assisto você ir

Composição: Ingrid St-Pierre
Enviada por Diôgo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Ingrid St-Pierre

Ver todas as músicas de Ingrid St-Pierre