Devagarinho 2.0 (part. Arnaldo Antunes e Baco Exu do Blues)

Illy

[Illy]
Devagarinho
De manhãzinha, eu vou
Enchendo-me de alegria
Como a flor
Que recupera sua cor
Aos pouquinhos
Com a chegada do novo dia

Como a flor
Que recupera sua cor
Aos pouquinhos
Com a chegada do novo dia

[Baco Exu do Blues]
Linda, sem a máscara que usaste ontem à noite
Quando ainda era carnaval
Aproveitando todos os cantos escuros de Olinda
Você arrumada é bonita, acordando é linda
As nuvens sentem inveja do mar
Quando nos beijamos, chove
De mãos dadas na ladeira
Nossa cama é ladeira, desce e sobe
Seu corpo é quente e acolhedor
Me lembra Salvador
Mão entre suas coxas
Me sinto em casa
Te ver deitada assim
Não quero ir pra casa

[Arnaldo Antunes]
Nasça o que nasce
Nasça o que nasce
E que passe o que passa
E o que passe nasça
E o que nasça passe
E o que passa passe
E o que passa passe

E o que nasce passa
E o que nasce
O que nasce?
E o que passe e o que passa
E que passe o que passa

[Arnaldo & Illy]
Devagarinho
Devagarinho, eu vou
De mansinho, aos pouquinhos
Enchendo-me de alegria
Como a flor
Que recupera sua cor
Aos pouquinhos
Devagarinho
Enchendo-me de alegria
Como a flor
Que recupera sua cor
Aos pouquinhos
Com a chegada do novo dia

Assim acordando
Vou vendo se formar
Sua cara
Linda sem a máscara
Que usaste ontem à noite
Quando ainda era carnaval
Quando ainda era carnaval

Composição: Arnaldo Antunes / Diogo Moncorvo
Enviada por Helena. Revisão por Luiz.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog