Imperfeitos

Ícaro e Gilmar

A gente tem brigado tanto
Tá virando até rotina
Um reclama da frieza
E o outro da bebida

E quando a luz no quarto apaga, já não sai faísca
Se não acende o nosso fogo, nada mais combina

Vai que numa hora dessas
Eu te perca e não me arrependa
Dessas crises que você inventa
Vai que numa hora dessas
Meus defeitos vão virar saudade
E a saudade encontra outro peito
E eu que deixo de ser imperfeito
Vai que

E quando a luz no quarto apaga, já não sai faísca
Se não acende o nosso fogo, nada mais combina

Vai que numa hora dessas
Eu te perca e não me arrependa
Dessas crises que você inventa
Vai que numa hora dessas
Meus defeitos vão virar saudade
E a saudade encontra outro peito
E eu que deixo de ser imperfeito

Vai que numa hora dessas
Eu te perca e não me arrependa
Dessas crises que você inventa
Vai que numa hora dessas
Meus defeitos vão virar saudade
E a saudade encontra outro peito
E eu que deixo de ser imperfeito
Vai que, vai que

Composição: Douglas Mello / Flávinho Tinto / Nando Marx / Philipe Pancadinha / Victor Hugo
Enviada por Felipe. Legendado por Carolline. Revisão por Felipe.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog