Deixa/Vida Vazia/Saudade/Desejo de Amar (part. Diego e Victor Hugo)

Ícaro e Gilmar

Deixa
Eu pelo menos falar de nós
Por um minuto ouvir sua voz
Nem precisa me perdoar
Sabe
Já não consigo entender
Se quem amou pra valer
Diz que agora tanto faz
E já não me quer mais
Me diz que nunca
Vai me ligar
Na hora que a saudade e a vontade apertar
Na busca incessante de outro amor encontrar
Tentando achar a saída
E quer me esquecer
Como se fosse fácil apagar tudo assim
Matando nossa história
A metade de mim
Oh, deixa, deixa, umm

Depois que você foi embora
A solidão entrou, trancou a porta
E não me deixa mais
Eu já tentei sair
Tentei fugir, não consegui
Eu já não tenho paz
Até o meu sorriso é tão sem graça
Não há nada que desfaça
Essa tristeza em meu olhar oooh
O que é que eu vou fazer pra te esquecer?
O que é que eu vou fazer pra não sofrer?
O que é que eu faço pra você voltar
Pra minha vida?
Vida vazia, saudade sua
Dia nublado, vento gelado
Noite sem Lua
Vida vazia de sentimento
Noite sem sono, no abandono
Eu não aguento

Você sempre fez os meus sonhos
Sempre soube dos meus segredos
Isso já faz muito tempo
Eu nem me lembro quanto tempo faz
O meu coração não sabe contar os dias
E a minha cabeça já está tão vazia
Mas a primeira vez
Ainda me lembro bem
Talvez eu seja no seu passado mais uma página
Que foi do seu diário arrancada
E sonho, choro e sinto
Que resta alguma esperança
Saudade, quero arrancar esta página
Da minha vida, da minha vida

Pele macia, toda morena
Esse seu corpo me deixa carente
Quando passa por mim
Nesse vai e vem
Jeito dengoso, olhar diferente
Esse sorriso me deixa doente
Doente de amor, quero ser seu bem
Quando eu beijar sua boca
Vou viajar no céu
E num abraço tão louco
Quero te prender
Quero amar você, oh oh
Mas é assim que eu te desejo
Sozinho num quarto num sonho eu te vejo
Matando em mim a vontade de amar
E esse seu jeito gostoso é que mexe comigo
Me dá seu carinho me dá seu abrigo
Tira de mim o desejo de amar


Posts relacionados

Ver mais no Blog