Difícil Aceitar

Hungria Hip Hop

Vai ser só bad isso daqui pra frente
Saudade é dor que só quem passa sente
Já nem sinto mais vibe
Nas madruga que nóis tava loco
Meu cigarro de baile
E seu uísque com água de coco

Tudo é passagem quando não existe nada significante
Minha memória é uma gaveta que eu guardei as fotos da estante
O seu assovio chamando pra jogar o nosso futebol
Com o dedo cortado nóis era enjoado com o nosso cerol

Vai deixar saudade
Meu aliado era de verdade
Vai deixar saudade
Entre nóis não tinha vaidade

Sinceramente a vida é curta
Mas me diz de quem é a culpa
De quem sempre dá desculpa de não se abraçar
E vive sempre na disputa
Mas quando perde um recruta
É certeza absoluta morre de chorar

Faz mó falta a sua falta no meu futebol
Falta pauta no roteiro em domingo de Sol
Cadê você com seus conselhos que eu nem ouvia
E aquele jeito de encantar que só o moleque tinha?

Vontade de viver que eu nunca vi igual
Me fazia sorrir até nóis passar mal
Certeza que era um anjo solto na cidade
E Deus já tava triste sentindo saudade

Descanse nos braços do Pai de amor
Quem disse que amigo nunca se amou?
Te amo e tá difícil de aceitar
As brigas e o controle da TV
Eu juro que eu deixo você mudar
A série que eu não podia perder

O seu assovio chamando pra jogar o nosso futebol
Com o dedo cortado nóis era enjoado com o nosso cerol

Vai deixar saudade
Meu aliado era de verdade
Vai deixar saudade
Entre nóis não tinha vaidade

Não solte minha mão quando a respiração não existir
Difícil aceitar que tudo nessa vida tem fim
Difícil mesmo é esquecer você
E aqueles rolê que a gente eternizava
Difícil mesmo é olhar e dizer
Pra quem tá perguntando se você tá lá em casa

Composição: Hungria Hip Hop
Enviada por Única. Legendado por Dimitria. Revisão por games.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Hungria Hip Hop

Ver todas as músicas de Hungria Hip Hop