Tão Distante de Tudo

Henrique e Juliano

Tão distante de tudo
Tentando encontrar o seu mundo
Só eu e a solidão nessa estrada
Eu vejo marcas e pegadas
Que vão me guiando até você

Às vezes correndo, caminhando, pensamento viajando
E de repente é você
E quando eu sinto seu toque
A minha pele se arrepia e toma um choque
Minha boca, sua boca, sem sussurrar
E uma lágrima escorrendo no meu olhar

E quando eu sinto seu toque
A minha pele se arrepia e toma um choque
Minha boca, sua boca, sem sussurrar
E uma lágrima escorrendo no meu olhar
Dá pra ver, que eu amo você!

Só eu e a solidão nessa estrada
Eu vejo marcas e pegadas
Que vão me guiando até você

Às vezes correndo, caminhando, pensamento viajando
E de repente é você
E quando eu sinto seu toque
A minha pele se arrepia e toma um choque
Minha boca, sua boca, sem sussurrar
E uma lágrima escorrendo no meu olhar

E quando eu sinto seu toque
A minha pele se arrepia e toma um choque
Minha boca, sua boca, sem sussurrar
E uma lágrima escorrendo no meu olhar
Dá pra ver que amo você

E uma lágrima escorrendo no meu olhar
Dá pra ver que amo você

Enviada por Nathan. Legendado por Wallace.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Henrique e Juliano

Ver todas as músicas de Henrique e Juliano