Period

Haruka Ayase

Original Tradução Original e tradução
Period

Shiranakutemo ii koto aru n' da yo kitto
Anata to ka atashi to ka sore dake de yokatta

Shiroi kumo wa yagate yokaze ni saraware
Katachi koso nai you na ano hi ni mo nite ita yo na

Ano koro omoidaseba itaranai koto bakari
Dakeredo mirai no hibi souzou shite wa futari
Aruite yukesou na ki ga shita n' da
Yoru no gaitou no shita de

Goodbye hello hello goodbye
Itsuka no futari no yume
Sayonara arigatou nijinda komorebi

"Moshi kimi ga kono saki boku wo omou toki
Tsuyosa ni mo naru you na yasashisa iete ita kana"

Anata no kotoba omoi nakidashisou ni naru
Kagayaku sekai made to souzou shite ita kedo
Akkenaku futari wa owatta n' da totemo akkenai PIRIODO (period)

Goodbye hello hello goodbye
Hanagoe ni nita you na
Samishisa tsuretara mata arukidashiteku

Aa tsunaida tenohira atatakaku
Aa kokoro ni ikite tsunagaru tsunagare ashita e mukae

Totsuzen otozureta kanashimi ni imi sae mo wakaranai hodo mada
Kodomo datta kawaru koto yurusezu ni

Goodbye hello hello goodbye
PEEJI (page) wa yaburareteku
Anata no nukumori sore dake ga nokotta

Goodbye hello hello goodbye
Hajimete no PIRIODO (period)

Ponto

Tem coisas que não precisamos saber
Você, eu, era tudo o que queria

Nuvens brancas se vão com vento de noite
Deixando nada sem forma, como naquele dia

Como éramos ignorantes
Naqueles dias Mas vivíamos imaginando o futuro
E nos sentíamos capazes de seguir em frente
Debaixo das luzes da rua

Tchau, olá, olá e tchau
Nosso sonho de um dia
Adeus, obrigada, luz borrada entre as folhas

?Será que eu lhe dizia palavras de carinho
Das quais você poderá se lembrar Quando pensar em mim??

Ao me lembrar de suas palavras,
Dá vontade de chorar Imaginava ir com você ao mundo brilhante Mas, de repente, acabou tudo
Ponto final repentino

Tchau, olá, olá e tchau
Se eu encontrar a solidão Que lembra voz fanhosa
Voltarei a caminhar

O calor da sua mão que segurava a minha
Ainda está vivo no meu coração Para me sentir ligada e ir rumo ao amanhã

Nem entendia o significado da tristeza repentina
Era tão criança, não podia aceitar Que as coisas mudassem

Tchau, olá, olá e tchau
Com páginas arrancadas
Só restou seu calor

Tchau, olá, olá e tchau
É o primeiro ponto final

Composição: Takeshi Kobayashi
Enviada por Rodrigo e traduzida por Beatriz. Revisão por Thamany.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Haruka Ayase

Ver todas as músicas de Haruka Ayase