Último Conto de Saudade

Half Pipe

Palavras não ditas, promessas de uma nova vida,
Lembranças que ficaram já não existem mais.
Segredos perdidos, tentei encontrar em você
E é difícil esquecer de tudo dessa vez.
Acordo e me nego a entender que não vou mais ver
Seus olhos tão distantes na memória sempre vão ficar

E hoje estou aqui tentando encontrar
O amor que você me deixou fugiu não quer voltar
Eu sei não vou te ver, mas paro, penso
Deixo a vida assim continuar por que...


Voltarei o quanto antes pra dizer
Que você é bem mais
Na vida é tudo o que sonhei.
Voltarei e nada pode me parar
Abra sua porta porque eu vou voltar.

Às vezes me lembro das coisas boas que ouvi você falar,
Dos momentos lindos tão intensos que vivemos juntos.
Me fez acreditar nas coisas simples dessa vida, mas
Tudo o que eu tinha se foi e não bastasse o tempo te levou
Agora vai, se vai mudar não sei, o verso branco que não terminei,
É como um sonho vago no espelho e o vidro se quebrou.

Se o amor é sempre assim sincero ao coração
Você mentiu pra mim e nem tudo foi em vão
Eu sei não vou te ter, mas paro, penso
Deixo a vida assim continuar por que...

Composição: Polegar / Tiago
Enviada por Diego.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Half Pipe

Ver todas as músicas de Half Pipe