Invierno En La Pirámide Blanca

Guido Messina

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Invierno En La Pirámide Blanca

No es sólo frío
Si fuese frío
Se pasa con abrigo y ya
Prendemos fuego los amuletos
Pero no es sólo frío y ya

Toda arista
De este espacio tiene
Un sueño sin rodar

Todo sueño
Anestesiado
Nunca deja de sonar

No es sólo frío
Si fuese frío
Se pasa con abrigo y ya
Prendemos fuego los amuletos
Pero no es sólo frío y ya

Esta gira corta
A la demencia
Nos sacudirá

Nada, si escuchaste
Las alarmas
Vuelve a ser igual

La pirámide blanca
Una pieza arqueológica
Perdida en mi interior

La pirámide blanca
Y los pasadizos juran
Un mundo mejor

Esta casa es un desastre si no estás
Y no me llames más que está todo mal
No me mandes ni un WhatsApp
No me hables por Instagram
Que me hace mal que no me hagas mal

Estoy herido, y estoy cansado
Llevo horas en tu esquina llorando en la avenida
No, no, no, no, no me digas que ya está
Si esta zarpando el barco
Y no querés saber que hacer
Si te vas al mar o no te vas a mover, o volás

Siempre lejos del planeta, flashás, diosa del bien
Lo que no fluye nos destruye, no nos deja en paz
Lo que no dejaste ser podrá refundarse
Y ser pero nunca repetirse
Avanzar aunque nos duela es evolución

Cruzo las pirámides
Se acerca ya el final
Los pasadizos que te esperan
En el fondo del volcán

Inverno na pirâmide branca

Não é só frio
Se estivesse frio
Isso acontece com o casaco e
Nós demitimos os amuletos
Mas não é só frio e

Todas as arestas
Este espaço tem
Um sonho sem rolar

Todos sonham
Anestesiado
Isso nunca para de tocar

Não é só frio
Se estivesse frio
Isso acontece com o casaco e
Nós demitimos os amuletos
Mas não é só frio e

Este pequeno tour
Para demência
Isso vai nos abalar

Nada, se você ouviu
Os alarmes
É o mesmo novamente

A pirâmide branca
Uma peça arqueológica
Perdido no meu interior

A pirâmide branca
E as passagens juram
Um mundo melhor

Esta casa é um desastre se você não é
E não me ligue de novo, está tudo errado
Não me mande um WhatsApp
Não fale comigo no Instagram
O que me dói que você não me machuque

Estou ferido e estou cansado
Eu tenho chorado na rua por horas no seu canto
Não, não, não, não, não me diga que já é
Se o navio estiver navegando
E você não quer saber o que fazer
Se você vai para o mar ou não vai se mexer, ou volás

Sempre longe do planeta, flashás, deusa do bem
O que não flui nos destrói, não nos deixa em paz
O que você não deixou ser pode ser refundado
E seja, mas nunca repita
Avançar, mesmo que dói, é evolução

Eu cruzo as pirâmides
O fim está se aproximando
As passagens que te esperam
No fundo do vulcão


Posts relacionados

Ver mais no Blog