Rodeio Dos Ventos

Grupo Cigarra

De pealo em pealo o destino
Pega o vivente e maneia
A sina do peregrino
Despacito amanuseia
Animal de poucas rédeas
Destes que negam freio
O tempo espora nas virilhas
E o mundo espera pro rodeio

(Roda peão, redemoinha
Feito vento redomão
Quem conhece o rodeio dos ventos
Roda sem cair no chão
Preso às rédeas do tempo
Roda Rodrigo, Capitão)

Bombacha rota remangada
Na revolta farroupilha
Índio taura sem mandante
Andarilho das coxilhas
Silhueta de um gaudério
Expressão de valentia
São dois braços, quatro patas
Cavaleiro e montaria

(Roda peão, redemoinha
Feito vento redomão
Quem conhece o rodeio dos ventos
Roda sem cair no chão
Preso às rédeas do tempo
Roda Rodrigo, Capitão)

Uns vêm ao mundo sem rumo
E por razões desconhecidas
Outros nascem pelejando
Dando de relho na vida
Assim foi Capitão Rodrigo
Com seu gosto pela guerra
Na luta de Santa Fé
Misturou seu sangue à terra

(Roda peão, redemoinha
Feito vento redomão
Quem conhece o rodeio dos ventos
Roda sem cair no chão
Preso às rédeas do tempo
Roda Rodrigo, Capitão)

Composição: Danilo Leão / João Carlos Dornelles
Enviada por Anderson. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Grupo Cigarra

Ver todas as músicas de Grupo Cigarra