Trem Noturno

Gerson Conrad e Zezé Motta

A noite vem como trem
Que apita e passa
Levando os sonhos de quem
Acredita que ele um dia vai parar
Desembarcar, a festa da vida

Músicos e bailarinas, versos soltos pelo ar
E os mistérios que ocultam seus vagões
E os olhos acompanham seu lamento
Até onde alcançar no vento
E as mãos se pegam, estendida
Como se fossem segurar o tempo

Composição: Gerson Conrad / Paulinho Mendonça
Enviada por Helio.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Gerson Conrad e Zezé Motta

Ver todas as músicas de Gerson Conrad e Zezé Motta