Lar

Geovanna Jainy

Já sofri tanto com isso
Mas resolvi me dar a chance outra vez
De sentir novamente esse calafrio

Você chegou do nada
Já quis fazer morada
Eu tive tanto medo
Mas deixei em segredo
E olha só, tu quis ficar

Mas eu te fiz uma proposta
Que se você quiser fazer de mim
Teu lar
Eu vou deixar você entrar
E nem vai precisar bater

Mas se for, só pra ficar e depois partir
É melhor você nem vim
Porque a porta, eu não vou abrir

O amor
Não é essa tempestade toda não
O amor é poesia e gratidão
Então nem tente bagunçar meu coração

O amor
Não é essa tempestade toda não
O amor é poesia e gratidão
Então nem tente bagunçar meu coração

Porque depois de tantas lágrimas
Eu resolvi organizar os livros
Do meu coração
Todos em seu devido lugar
E consertei as rachaduras que haviam lá

E agora ele está novo de novo
Então se você não quiser me amar
Nem tente me maltratar
Nem tente me fazer chorar

Pois eu não vou ter pressa
De encontrar o amor
Eu vou deixar ele me encontrar

O amor
Não é essa tempestade toda não
O amor é poesia e gratidão
Então nem tente bagunçar meu coração

O amor
Não é essa tempestade toda não
O amor é poesia e gratidão
Então nem tente bagunçar meu coração

Enviada por Rebeca. Legendado por Babi. Revisão por Rebeca.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Geovanna Jainy

Ver todas as músicas de Geovanna Jainy