Ghosts

Gary Jules

Original Tradução Original e tradução
Ghosts

Running along the rocks of the river
And the water's as cold as the snow
The man is chasing behind me
And I can't afford to falter or slow
I find solace in what we believe
Or the hush of a cool gentle rain
But there's something we love in the mystery
Of a man in the midst of a change

She laughed and said I was going nowhere
'Cause it's nowhere that she's ever been
When I get to that place she'll remember my face
And say "Hey man, I knew him when he was younger"
But she never loved me at all
She laughed when I was in pain
'Cause there's something that we are all frightened of
In the man in the midst of a change

Out on the roof to inquire of the sky
The existence of ghosts in my life
Who's to blame you or I?
No one would answer me
They just stared with the weight of the world I pretend not to feel

The windmill is poised for the battle
But the fool understands not the game
He believes in his mission, predestined position
Amazing the grace of her name
Oh he loves her now as he loved her then
Rocinante remembers the days
When I whistled and sat waiting patiently
With the man in the midst of a change

Running along the rocks of the river
With the freedom to step where I choose
Though I can't stop to rest I like traveling best
And besides, I've got nothing to lose from it
I find solace in all the extremes
In pleasure as well as in pain
I just wish he would let me explain to you
The man in the midst of a change

Fantasmas

Correndo ao longo das rochas do rio
E a água está tão fria como a neve
O homem está me perseguindo por trás
E eu não posso dar o luxo de enfraquecer ou demorar
Eu encontrei o consolo em que nós acreditamos
Ou o silêncio de uma chuva fria suave
Mas existe alguma coisa que nós amamos no mistério
De um homem no meio de uma mudança

Ela riu e disse que eu estava indo longe
Porque é o mais longe que ela já foi
Quando eu chegar ao lugar ela irá lembrar do meu rosto
E dizer "Hey cara, eu o conheci quando era mais jovem"
Mas ela nunca me amou de verdade
Ela riu quando eu estava com dor
Porque existe algo que todos nós estamos assutados
Do homem no meio de uma mudança

Fora do telhado para perguntar para o céu
Sobre a existência de fantasmas na minha vida
Quem é o culpado, você ou eu?
Ninguém pode me responder
Eles apenas começaram com o peso do mundo que eu não pretendo sentir

O moinho está pronto para a batalha
Mas os tolos não entendem o jogo
Ele acredita em sua missão, predestinada posição
Maravilhosa a graça de seu nome
Oh, ele a ama agora como ele amou ela naquele tempo
Ruminantes lembranças dos dias
Quando eu assobiei e sentei esperando pacientemente
Com o homem no meio da mudança

Correndo ao longo das rochas do rio
Com a liberdade para entrar onde eu escolher
Embora eu não possa parar para descansar, eu gosto de viajar melhor
E além disso, eu não tenho nada a perder com isso
Eu encontrei consolo em todos os extremos
No prazer tão bem como na dor
Eu apenas desejo que ele me deixe explicar para você
O homem no meio da mudança

Composição: Gary Jules
Enviada por Flavius e traduzida por Rúbia. Revisão por bhea.
Viu algum erro? Envie uma revisão.


Posts relacionados

Ver mais no Blog