Vou Ter Que Me Virar

Fresno

Vai, fala então pra mim
Tudo que eu não fiz
Pra te fazer feliz

Eu sei tudo que eu vivi
E o que eu tive que ouvir
Não sei como eu não morri

É solitário a gente não pertencer
Dormi no ônibus, sonhei que ia bater
E se eu sobreviver?

Quando eu respiro, eu não sinto o ar
Nem sei se eu tenho suficiente pra cantar
Mas até lá

Vou ter que me virar, como sempre
Vou tеr que superar, como semprе
Às vezes eu me sinto só
Sei que não sou só eu
Vou ter que me virar

Sempre que eu puder falar
Eu não vou me calar
Sentir isso sozinho mata

E talvez seja mesmo assim
Essa parte de mim
Me abençoa e me desgraça

Às vezes não sei mais por que tô aqui
Dormi no avião, sonhei que ia cair
Mas eu sobrevivi

Quando eu respiro, eu não sinto o ar
Nem sei se eu tenho suficiente pra cantar
Mas até lá

Vou ter que me virar, como sempre
Vou ter que superar, como sempre
Às vezes eu me sinto só
Sei que não sou só eu

Vou ter que me virar, como sempre
Vão ter que me engolir, como sempre
Às vezes, eu tô só o pó
Mas é problema meu

Vou ter que me virar
(vou ter que me virar)
Vou ter que superar
(vou ter que superar)
Às vezes eu me sinto só
Sei que não sou só eu

Vou ter que me virar
Vão ter que me engolir
Às vezes eu tô só o pó
Mas é problema meu

Vou ter que me virar

Composição: Lucas Silveira
Enviada por Thabatta. Legendado por Carlos.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog