Sweater wo Nugasanaide

Frederic

Original Tradução Original e tradução
Sweater wo Nugasanaide

Sētāsētā kimi no nukumori wa ittai doko de mitsuketa?
Kokoronashika itsu demo soba ni iteru ki ga shita
Sētāsētā kimi no yasashi-sa wa ittai nani de deki teru no?
Hotsureta keito o hippatte mitai to omou na

Sētāsētā kimi no nukumori wa itsumo Kokoro no oku no soko
Kajikan deru karada atatamete kureru Himotoite iku oku no soko

Ki no seida ki no seida ki no seida iyaiya
Kimi no sētā sono sētā sono sētā iya
Ki no seida ki no seida ki no seida iyaiya
Kimi no sētā sono sētā sono sētā iya Nugasanaide

Sētāsētā kimi no nukumori wa jissai doko de mitsuketa?
Kokoronashika itsu demo soba ni iteru ki ga shita
Sētāsētā kimi no yasashi-sa wa jissai nani de deki teru no?
Itsu made mo soba ni yorisotte yareru to omou na

Sētāsētā kimi no nukumori wa itsumo Kokoro no oku no soko
Hanikan deru karada atatamete kureru Himotoite iku oku no soko

Ki no seida ki no seida ki no seida iyaiya
Kimi no sētā sono sētā sono sētā iya
Ki no seida ki no seida ki no seida iyaiya
Kimi no sētā sono sētā sono sētā iya
Nugasanaide

Ne~e doushite nandedoushite
Yume no seta omote no seikatsu-kan
Owara senaide

Ki no seida ki no seida ki no seida iyaiya
Kimi no sētā sono sētā sono sētā iya
Ki no seida ki no seida ki no seida iyaiya
Kimi no sētā sono sētā sono sētā iya
Nugasanaide

Não Tire Seu Suéter

Um suéter de verão... Onde o encontrou?
Sinto que o que há no trigo, está avoado toda hora
De que são feitos, e o que exatamente é a bondade do suéter?
Acho que queres puxar o fio de lã rebelde

Um suéter de verão... Sempre o fundo do fundo do meu coração
Nossos corpos quentes e insensíveis, a fronte da provocação sempre retorna

A culpa é do gás, não não
Seu suéter, aquele suéter: odeio
A culpa é do gás, não não
Seu suéter, aquele suéter: odeio... Não o tire

Um suéter de verão... Onde o encontrou, em primeiro lugar?!
Sinto que o que há no trigo, está avoado toda hora
Um suéter com ternura... Do que é realmente capaz, sinceramente?
Penso que poderíamos ser assim sempre

Um suéter de verão... Sempre o fundo do fundo do meu coração
Nossos corpos quentes, tímidos... A parte baixa da provocação sempre retorna

A culpa é do gás, não não
Seu suéter, aquele suéter: odeio
A culpa é do gás, não não
Seu suéter, aquele suéter: odeio
Não o tire

Ei... Porque... Porquê?!
O suéter dos sonhos, a frente do sentimento da vida
Não acabe!

A culpa é do gás, não não
Seu suéter, aquele suéter: odeio
A culpa é do gás, não não
Seu suéter, aquele suéter: odeio
Não o tire

Enviada por Helder e traduzida por Helder.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Frederic

Ver todas as músicas de Frederic