The Fallen

Franz Ferdinand

Original Tradução Original e tradução
The Fallen

So they say you're trouble-boy
Just because you like to destroy
All the things that bring the idiots joy
Well, what's wrong with a little destruction?

And the Kunst won't talk to you
'Cause you kissed St. Rollox Adieu
'Cause you robbed a supermarket or two
Well, who gives a damn about the prophets of Tesco?

Did I see you in a limousine
Flinging out the fish and the unleavened?
Turn the rich into wine, and you walk on the mean
For the fallen are the virtuous among us
Walk among us, never judge us, yeah we're all

Up now and get 'em, boy
Up now and get 'em, boy
Drink to the devil and death for the little doctors

Did I see you in a limousine
Flinging out the fish and the unleavened?
Well, Five thousand users fed today
Oh, as you feed us, won't you lead us to be blessed?

So we stole and drank Champagne
On the seventh seal you said you never feel pain
"I never feel pain, won't you hit me again?"
"I need a bit of black and blue to be a rotation"

In my blood I feel the bubbles burst
There was a flash of fist, an eyebrow burst
You've a lazy laugh and a red and white shirt
I fall to the floor fainting at the sight of blood

Did I see you in a limousine
Flinging out the fish and the unleavened?
Turn the rich into wine, walk on the mean
Be they Magdalene or virgin, you've already been
You've already been and we've already seen
That the fallen are the virtuous among us
Walk among us, never judge us to be blessed

So I'm sorry if I ever resisted
I never had a doubt you ever existed
I only have a problem when people insist on
Taking their hate and placing it on your name

So they say you're trouble, boy
Just because you like to destroy
You are the word, the word is 'destroy'
I break this bottle and think of you fondly

Did I see you in a limousine
Flinging out the fish and the unleavened?
To the whore in a hostel or the scum of a scheme
Turn the rich into wine, walk on the mean
It's not a jag in the arm, it's a nail in the beam
On this barren Earth you scatter your seed
Be they Magdalene or virgin, you've already been
You've already been, we've already seen

Yeah, you've already been, we've already seen
That the fallen are the virtuous among us
Walk among us, oh if you judge us, we're all damned

O Decaído

Alguns dizem que você é problema, rapaz
Só porque você gosta de destruir
Tudo o que traz felicidade aos idiotas
Bem, qual é o problema com um pouquinho de destruição?

E o Kunst não vai falar com você
Porque você beijou St. Rollox Adieu
Porque você roubou um supermercado ou dois
Bem, quem se importa com os profetas de Tesco?

Eu te vi numa limousine?
Atirando peixe e o ázimo
Transforme os ricos em vinho caminhe entre os avarentos
Pois os decaídos são os virtuosos entre nós
Caminhe entre nós, nunca nos julgue, yeah estamos todos...

Se levante e pegue-os, garoto
Se levante e pegue-os, garoto
Brinde ao demônio e morte aos doutores

Eu te vi numa limousine?
Atirando peixe e ázimo
Cinco mil usuários alimentados hoje
Enquanto nos alimenta por que não nos guia para a benção?

Então roubamos e bebemos champanhe
No sétimo selo você disse que nunca sentiu dor
"Nunca senti dor, você me bateria de novo?"
"Preciso de um pouco de roxo pra ser uma rotação"

No meu sangue sinto as bolhas estourarem
Houve o flash de um punho, uma sobrancelha estourada
Você tem uma risada preguiçosa e uma camisa branca
Eu caio no chão desmaiando à vista de sangue

Eu te vi numa limousine?
Atirando peixe e ázimo
Transformando os ricos em vinho, caminhando entre vinho
Sejam eles Madalena ou a virgem você já foi
Você já foi, você já viu
Que os decaídos são os virtuosos entre nós
Caminhe entre nós, nunca nos julgue pra ser abençoado

Sinto muito se alguma vez eu resisti
Eu nunca duvidei que você existia
Eu só tenho um problema quando as pessoas insistem
Em pegar seus ódios e colocá-los no seu nome

Alguns dizem que você é problema, garoto
Só porque você gosta de destruir
Você é a palavra e a palavra é "Destrua"
Eu quebrarei essa garrafa e pensarei em você com carinho

Eu te vi numa limousine
Atirando peixe e ázimo
Pra prostituta no albergue ou pra escória no esquema
Transforme os ricos em vinho, caminhe entre os avarentos
Não é um espeto no braço, é um prego na viga
Nessa terra estéril você dissemina sua semente
Sejam eles Madalena ou virgem, você já foi
Você já foi, nós já vimos

Sim, Você já foi, nós já vimos
Que os decaídos são os virtuosos entre nós
Caminhe entre nós, se nos julgar estaremos condenados

Composição: Franz Ferdinand / Nicholas McCarthy
Enviada por Paulo e traduzida por Liane. Legendado por ana. Revisões por 8 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Franz Ferdinand

Ver todas as músicas de Franz Ferdinand