No Puedo Ni Respirar

Fnafhs

Original Tradução Original e tradução
No Puedo Ni Respirar

Son tantas veces que me digo que no
Me duermo esperando a que no hayan respuestas
Escucho a mi propia voz desde mi interior
No puedo ni respirar

He superado toda inseguridad
Me cuesta el creer que ahora no tenga fuerzas
He soportado, he visto tanto, y sigo acá
Luchando por respirar

Y tengo miedo de pensar en lo que venga después
Tengo miedo de esperar algo que nunca veré
Tengo miedo por lo que creo ser
Me tiro al agua y me hundo en mi inseguridad

Y me asusta porque nunca me ha gustado perder
Y si es que pierdo tengo miedo de lo que no tendré
Y si lo tengo no sé cómo lo habré de cuidar
Y no puedo ni respirar

De muchas grietas que no puedo ocultar
Si acepto cada miedo, acepto cada flaqueza
Soy yo quien debe entender a mi propia voz
Que me pide ya respirar

Me siento débil, no me puedo anclar
Lo intento pero debo no deber intentarlo
Estoy cansado de mi meta obstaculizar
Ya es hora de respirar

De abrir los ojos para ver que todo ya quedó atrás
Que he superado mi orgullo y mi inseguridad
De aceptarlo todo de una vez
Que puedo dar un paso en falso para continuar

Y todo fluye en un lienzo lleno donde mirar
Tantos demonios que mi mente ha querido callar
Pues si me acepto no sé cómo me habré de cuidar
Y no puedo ni respirar

De mi mente debo ya salir
No sé cómo me las podré arreglar sin ti
Se acabó, es el fin
Del miedo a temer

Y me asusta por que nunca me ha gustado perder
Y si es que pierdo tengo miedo de lo que no tendré
Y si lo tengo no sé cómo lo habré de cuidar
Pero al fin puedo respirar

Eu Não Posso Respirar

São tantas vezes que me digo isso
Adormeço esperando por nenhuma resposta
Eu escuto minha própria voz de dentro
Nem consigo respirar

Supero toda insegurança
Não posso acreditar que agora ele não tem força
Eu aguentei, eu vi tanto, e ainda estou aqui
Lutando para respirar

E tenho medo de pensar sobre o que vem a seguir
Tenho medo de esperar por algo que nunca mais vejo
Estou com medo do que eu acredito ser
Eu pulo na água e afundo na minha insegurança

E isso me assusta porque eu nunca gostei de perder
E se eu perder, tenho medo do que não terei
E se eu tiver, eu não sei como vou cuidar disso
E eu não consigo nem respirar

De muitas rachaduras que eu não consigo esconder
Se eu aceito todo medo, eu aceito toda fraqueza
Sou eu quem deve entender minha própria voz
Quem me pede para respirar

Me sinto fraco, não consigo ancorar
Eu entendo, mas não devo tentar
Estou cansado do meu objetivo de dificultar
É hora de respirar

Para abrir seus olhos para ver que tudo está atrás de você
Que eu superei meu orgulho e minha insegurança
Para aceitar tudo de uma vez
Que eu posso dar um passo em falso para continuar

E tudo flui em uma tela cheia onde procurar
Tantos demônios que minha mente quis silenciar
Bem, se eu aceitar, eu não sei como vou me cuidar
E eu não consigo nem respirar

De minha mente eu devo sair
Eu não sei como posso gerenciá-los sem você
Acabou, é o fim
De temer o medo

E isso me assusta porque eu nunca gostei de perder
E se eu perder, tenho medo do que não terei
E se eu tiver, eu não sei como vou cuidar disso
Mas finalmente posso respirar

Composição: Marc Torch
Enviada por axel e traduzida por LuiGusta. Revisões por 6 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog