Hana Ni Nare

Flumpool

Original Tradução Original e tradução
Hana Ni Nare

Iki mo taeru kanjousen zoi de
Iroaseta hoshi to yami zora no shita
Itsunomani bokuwa jibunrashisato
Ikikata no reshipi sagashiteirundarou?

Subarashisa to iu wasuremono
Tori modoshini yukou kutabireta yume
Youshou no koro sunani uzumeta youni
Juunengo bokuni kono uta o sasageyou
Waratte naite utatte hana ni nare
Sakihokore itsuka hikari afure
Hagayukutemo kitto uketomeruyo
Miraiwa ki ni sezuni
Kazoekirenai hodo nandomo
Kimi no na o yonda
Dokoka de hohoenderu kana
Yozora ni hanatta bokura no
Koe wa kensou no naka kiete
Yasashiku bokura o susunde yuku

Kurikaeshi no hibi ga iyannatte
Isso kareini kagayaite miyouka
Towa ni saku doraifurawaa yorimo bokura wa
Chiriyukutomo isshinfuran na sakura ni narou
Waratte naite utatte hana ni nare
Sakihokore itsuka hikari afure
Hagayukutemo kitto uketomeruyo
Miraiwa ki ni sezuni
Kazoekirenai hodo nandomo
Kimi no na o yonda
Tenohira ni nokoru nukumori
Ano toki chikatta bokura no
Koe wa kensou no naka kiete
Kimi to ita machini tachisukumuyo
Itsunomanika kizutsuku koto ga kowakunatte
Mada tsubomi no mama
Hikari no sasu basho o zutto sagashiteru
Ashita mo kitto

Dokomade yukeba warai aeruno?
Jiyuuya kibouya yumewa bokuga omouhodo
Subarahii kana? Kagayaiteiru no kana?
Mirai o kono mune ni…
Kazoekirenai hodo nandomo
Kimi no na o yonda
Dokoka de hohoenderu kana
Yozora ni hanatta bokura no
Koe wa kensou no naka kiete
Yasashiku bokura o susunde yuku

Tornar-se Flor

A respiração também morre na curva da estrada
Debaixo das estrelas desbotadas e do céu escuro
Imagino desde quando comecei a procurar?
Pela minha individualidade, minha receita para viver do meu jeito

O maravilhoso é a coisa que esquecemos
Conseguirei de volta, o sonho desgastado
Do mesmo jeito que me enterrava na areia,na minha infância
Decico esta música para mim, dez anos atrás
Rindo, chorando, cantando se tornando uma flor
Estar em pleno desabrochar e um dia
Florescer com toda a resplandecência
Não importa o quão impaciente eu fique
Com certeza reagirei, sem se preocupar com o futuro
Chamei seu nome tantas vezes, que nem poderia contar
Imagino se você está sorrindoem algum lugar
Nossa voz, que soltamos no noturno céu
Desapareceu dentro de um turbilhão
Moldado suavemente ao nosso redor

A rotina torna-se desagradável
Vamos tentar brilhar com mais esplendor?
Mesmo que as flores caiam, ao invés de florescerem eternamente secas
Nos tornaremos, de todo o coração, flores de cerejeira
Rindo, chorando, cantando, se tornando uma flor
Estar em pleni desabrochar e um dia florescer com toda a resplandescência
Não importa o quão impaciente eu fique
Com certeza reagirei, sem se preocupar com o futuro
Chamei seu nome tantas vezes que nem poderia contar
Aquele calor duradouro na palma da minha mão
Nossa voz que jurou que voltaria
Desapareceu dentro de um turbilhão
E se petrificou naquela cidade, em que estou com você
Antes que percebesse fiquei com medo de me machucar
Ainda um botão de flor
Sempre estou a procura de um lugar brilhante
Com certeza
Amanhã também

Até aonde preciso ir para que possamos rir juntos?
Liberdade, sonhos, eu me pergunto
São tão maravilhosos como imagino?
São tão brilhantes?
O futuro dentro deste coração...
Chamei seu nome tantas vezes
Que nem poderia contar
Imagino se você está sorrindo em algum lugar
Desapareceu dentro de um turbilhão
Moldado suavemente ao nosso redor

Enviada por Bárbara e traduzida por Louise. Legendado por Levy e mochan_arashi.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Flumpool

Ver todas as músicas de Flumpool