Não sei o que eu sou, nem mesmo onde vou, sem ele
Minha vida sem razão, andando sem direção, sem ele
Não sei o que dizer, tão pouco o que fazer, sem ele
Vivendo um temporal, minha história sem final, sem ele

Sem ele, é viver um falso amor, ver o mundo, mas sem cor
É bebida sem sabor
Sem ele, é lutar e não vencer, trabalhar sem receber
É plantar e não colher

Com ele, eu vivo um verdadeiro amor
Com ele, minha vida tem sabor
Com ele, meu caminho tem sentido
O mundo tem mais brilho, tem mais cor

Com ele, nunca mais serei um réu
Com ele, tudo tem sabor de mel
Com ele, o pouco se transforma em muito
Com ele, um dia vou morar no céu


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Flávio e Kaique

Ver todas as músicas de Flávio e Kaique