Sleep To Dream

Fiona Apple

Original Tradução Original e tradução
Sleep To Dream

I tell you how I feel, but you don't care
I say: "Tell me the truth.", but you don't dare
You say love is a hell you cannot bear
And I say: "Give me mine back and then go there, for all I care."

I got my feet on the ground
And I don't go to sleep to dream
You got your head in the clouds
And you're not at all what you seem
This mind, this body, and this voice
Cannot be stifled by your deviant ways
So don't forget what I told you, don't come around
I got my own hell to raise

I have never been so insulted in all my life
I could swallow the seas to wash down all this pride
First you run like a fool just to be at my side
And now you run like a fool, but you just run to hide, and I can't abide

I got my feet on the ground
And I don't go to sleep to dream
You got your head in the clouds
And you're not at all what you seem
This mind, this body, and this voice
Cannot be stifled by your deviant ways
So don't forget what I told you, don't come around
I got my own hell to raise

Don't make it a big deal, don't be so sensitive
We're not playing a game anymore
You don't have to be so defensive

Don't you plead me your case, don't bother to explain
Don't even show me your face, 'cause it's a crying shame
Just go back to the rock from under which you came
Take the sorrow you gave and all the stakes you claim
And don't forget the blame

I got my feet on the ground
And I don't go to sleep to dream
You got your head in the clouds
And you're not at all what you seem
This mind, this body, and this voice
Cannot be stifled by your deviant ways
So don't forget what I told you, don't come around
I got my own hell to raise

Dormir Pra Sonhar

Digo a você como me sinto, mas você não liga
Digo: "Conte-me a verdade", mas você não ousa
Você fala que o amor é um inferno que você não consegue suportar
E eu digo "Me dê o que é meu de volta e vá, não é da minha conta".

Tenho meus pés no chão
E não durmo pra sonhar
Você tem sua cabeça nas nuvens
E não é nada do que mostra ser
Esta mente, este corpo e esta voz
Não podem ser sufocados por seus modos depravados
Então não se esqueça do que eu lhe disse, não venha me procurar
Eu tenho meu próprio inferno pra criar

Eu nunca fui tão ofendida em toda a minha vida
Eu poderia tomar os oceanos pra poder conseguir engolir todo esse orgulho
Primeiro você corre como um tolo pra ficar do meu lado
E agora você corre como um tolo, mas só corre pra se esconder, e não posso mais tolerar isso

Tenho meus pés no chão
E não durmo pra sonhar
Você tem sua cabeça nas nuvens
E não é nada do que mostra ser
Esta mente, este corpo e esta voz
Não podem ser sufocados por seus modos depravados
Então não se esqueça do que eu lhe disse, não venha me procurar
Eu tenho meu próprio inferno pra criar

Não faça caso, não seja tão sensível
Não estamos mais jogando nenhum jogo
Você não precisa ficar tão na defensiva

Não me advogue seu caso, não se preocupe em explicar
Nem mesmo me mostre seu rosto, porque ele é uma vergonha lastimável
Apenas volte pra debaixo da pedra da qual você veio
Leve a tristeza que você me deu e tudo o que você reivindica
E não se esqueça da culpa

Tenho meus pés no chão
E não durmo pra sonhar
Você tem sua cabeça nas nuvens
E não é nada do que mostra ser
Esta mente, este corpo e esta voz
Não podem ser sufocados por seus modos depravados
Então não se esqueça do que eu lhe disse, não venha me procurar
Eu tenho meu próprio inferno pra criar

Composição: Fiona Apple
Legendado por Isabela. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Fiona Apple

Ver todas as músicas de Fiona Apple