Cade Minha Tropa

Filho Do Justo

Cadê minha tropa desencadeia o pensamento atribulado
Eu pensando que tava acompanhado
Xi pera ai que meu fone ta tocando..
Vix e o Cléber (lá vem ele paga sapo de novo, depois eu atendo)

Mas uma vez como outras vez olha eu de novo
Os cara deu sumiço que nem sei
Eu a bola da vez de novo acreditei
Bem que meu firma me avisou mosquei, mosquei, mosquei

E disse que esse firma era parte de uma história
Que ia ser noticia pra quem tava na escolta
Ausência de confiança nessa tranca hoje penso
Das oportunidade de mudança
Eu só lamento só lamento

Ao passar do tempo, só dias de tormento
Quem tava de armamento só observando
O tempo passar devagarzinho parece que ta parado
Quem sabe um rádio vai adiantar o lado.

Já te liguei não respondeu, tava tirando aqui o irmão
Queria só tira o spill da sua mão

Pagava de zuco te trombava lá na quina
Vivia viajando traçando a sua cina
De bermudão sandália havaiana
Vi você rodando quando você foi em cana
Cadê a sua tropa lá da quebra sumiu
Vi sua coroa chorando a reviria

Lembrei dos papeizinhos dos convite da igreja
Tentei te resgatar mas mostrou sua fraqueza
Agora chora vai atrás das grades
Podia esta comigo no role pela cidade
Cadê o seus parceiro a tropa a quadrilha
Nessa hora só sobra pra sua família

Quando eu tava disposto era nós a toda hora
Cadeado blindado parceria ta lá fora
Porque aqui tem nem como to breu
Ai mano ora por mim pela amor de Deus

Eu me pego aqui pensando cadê minha tropa
Me pego aqui pensando cadê minha tropa
Vire e meche o pensado cadê minha tropa, cadê? Sumiu!
Ou sera que ta lá fora esperando eu voltar

Quantos já mataram quantos já morreram
O pesadelo já vi lá parceiro
Quantos manos já vi cair
Quantas mãe chorando ao sentir
A pegada do filho que foi e não voltou

Aquele filho que nunca te escutou
O cabuloso, tenebroso da quebrada
Aquele que metia as fita, não ligava pra nada

"Ai mano preciso mudar ai,de já agradeço a força ai"
"Pode crê parceiro, na próxima visita ae
Vou ver se venho com sua mãe ta ligado
Trazer mais uns pano pra você ae, uma coberta um lençol"
"O mano agradeço ai")

O espírito do senhor Deus está sobre mim
Porque o senhor me ungiu para pregar as boas novas aos quebrantados
Enviou para curar os quebrantados de coração
E proclamar a libertação aos cativos e por em liberdade os algemados

Quando eu tava disposto era nois a tora hora
Cadeado blindado parceria ta lá fora
Porque aqui tem nem como to breu
Ai mano ora por mim pela amor de Deus

Eu me pego aqui pensando cadê minha tropa
Me pego aqui pensando cadê minha tropa
Vire e meche eu to pensando cadê minha tropa, cadê? Sumiu!
Ou será que ta lá fora esperando eu voltar

Composição: Filho Do Justo
Enviada por geovane. Revisão por Gabrielly.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Filho Do Justo

Ver todas as músicas de Filho Do Justo