Minha Jangada

Família Macabu

Minha jangada, está presa em alto-mar
Embarcações, eu não quero náufragar
Lua sentinela dá o caminho
Temi eu não quero caminhar
Essa prisão me faz tão livre
Tenho as estrelas pra brincar

Olho pro céu e choro
Imploro para ficar
Me sinto tão tranquilo em alto-mar

Tempestade o que vier
Nada me tira daqui
Pode o sol secar o mar
Pode o mar cair em mim
Me alimento de noé
E com essa fé não vou sair! Não vou sair! Não vou sair!

Minha jangada, está presa em alto-mar
Minha jangada, está presa em alto-mar

Tempestade ou o que for
Nada me tira daqui
Pode o sol secar o mar
Pode o mar cair em mim
Me alimento de noé
E com essa fé não vou sair!

Minha jangada, está presa em alto-mar
Embarcações, eu não quero náufragar
Lua sentinela dá o caminho
Temi eu não quero caminhar
Essa prisão me faz tão livre
Tenho as estrelas pra brincar

Olho pro céu e choro
Imploro para ficar
Me sinto tão tranquilo em alto-mar

Tempestade o que vier
Nada me tira daqui
Pode o sol secar o mar
Pode o mar cair em mim
Me alimento de noé
E com essa fé não vou sair! Sair! Sair!

Tempestade ou o que for
Nada me tira daqui
Pode o sol secar o mar
Pode o mar cair em mim
Me alimento de noé
E com essa fé não vou sair!

Minha jangada, está presa em alto-mar
Minha jangada, está presa em alto-mar

Composição: Pablo Macabu / Waltis Zacarias
Enviada por Marcelo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Família Macabu

Ver todas as músicas de Família Macabu