Flor da Paisagem

Fagner

Teu zói é a flor da paisagem
Sereno fim da viagem
Teu zói é a cor da beleza
Sorriso da natureza

Azul de prata, meu litoral
Dois brincos de pedra rara
Riacho de água clara
Roupa com cheiro de mala
Zóim assim são mais belos
Que renda branca, que renda branca, que renda branca na sala
Quem vê nêo enxerga a praia
Nóis no lençol, nóis no lençol , nóis no lençol de cambraia

Teus zói no fim da vereda
Amor de papel de seda
Teus zói que clareia o roçado
Reluz teu cordão colado

que renda branca na sala ...
nóis no lençol, nois no lençol ...
de cambraia!

Composição: Fausto Nilo / Robertinho de Recife
Enviada por Vanderley. Revisão por Nahomah.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog