Distant Past

Everything Everything

Original Tradução Original e tradução
Distant Past

Drag my tongue across the sand
So happy just to crawl across the land
Soon I'll be the best around
I'm gonna keep my plunder underground
Hard flesh cold against the rain
Dust billowing around my brazen brain
Saw off all my stinking limbs
Blood dripping down my sunken money chin

Baby can you leave it in the (distant past)?
Baby can you leave it in the (distant past)?
Girl, I'm from the very very (distant past)
Girl, I'm from the very very (distant past)
Baby can you leave me in the (distant past)?
Baby can you leave me in the (distant past)?
Girl, I wanna take you to the (distant past)
Girl, I wanna take you to the (distant past)

Take me to the distant past, I want to go back
Save me from the distant past, I wanna survive
Take me to the distant past, I want to go back
Save me from the distant past, I wanna survive

Two thumbs across the rubicon
Slack jaw but you'll never be passing it on
Plug hole, down the drain you go
Your body never made it past the snow
Canine fangs about my throat
You're bleeding over eden like a goat
Tall blade dripping in every field
I'm blooming like a fuming human shield

Baby can you leave it in the (distant past)?
Baby can you leave it in the (distant past)?
Girl, I'm from the very very (distant past)
Girl, I'm from the very very (distant past)
Baby can you leave me in the (distant past)?
Baby can you leave me in the (distant past)?
Girl, I wanna take you to the (distant past)
Girl, I wanna take you to the (distant past)

Take me to the distant past, I want to go back
Save me from the distant past, I wanna survive
Take me to the distant past, I want to go back
Save me from the distant past, I wanna survive
Past, past, past, past, past, past
Take me to the distant past, I want to go back
Save me from the distant past, I wanna survive

Passado Distante

Arraste minha língua pela areia
Tão feliz em rastejar pela terra
Logo serei o melhor por aí
Eu vou manter minha pilhagem no subsolo
Carne dura fria contra a chuva
Poeira ondulando em volta do meu cérebro de bronze
Vi todo o meu membro impressionante
Sangue escorrendo pelo meu queixo afundado

Baby, você pode deixar isso no (passado distante)?
Baby, você pode deixar isso no (passado distante)?
Garota, eu sou do muito muito (passado distante)
Garota, eu sou do muito muito (passado distante)
Baby, você pode me deixar no (passado distante)?
Baby, você pode me deixar no (passado distante)?
Garota, eu quero te levar para o (passado distante)
Garota, eu quero te levar para o (passado distante)

Leve-me para o passado distante, eu quero voltar
Salve-me do passado distante, eu quero sobreviver
Leve-me para o passado distante, eu quero voltar
Salve-me do passado distante, eu quero sobreviver

Dois polegares através do Rubicão
Mandíbula frouxa, mas você nunca estará passando
Buraco, pelo ralo que você vai
Seu corpo nunca passou da neve
Presas caninas na minha garganta
Você está sangrando pelo Éden como uma cabra
Lamina alta pingando em todos os campos
Estou florescendo como um escudo fumegante

Baby, você pode deixar isso no (passado distante)?
Baby, você pode deixar isso no (passado distante)?
Garota, eu sou do muito muito (passado distante)
Garota, eu sou do muito muito (passado distante)
Baby, você pode me deixar no (passado distante)?
Baby, você pode me deixar no (passado distante)?
Garota, eu quero te levar para o (passado distante)
Garota, eu quero te levar para o (passado distante)

Leve-me para o passado distante, eu quero voltar
Salve-me do passado distante, eu quero sobreviver
Leve-me para o passado distante, eu quero voltar
Salve-me do passado distante, eu quero sobreviver
Passado, Passado, Passado, Passado, Passado, Passado
Leve-me para o passado distante, eu quero voltar
Salve-me do passado distante, eu quero sobreviver

Enviada por Bardigang e traduzida por Bruna.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Everything Everything

Ver todas as músicas de Everything Everything