LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Yo No Estoy Loco

Estopa

Tradução automática via Google Translate

Yo No Estoy Loco

Yo no estoy loco, solo sigo un sueño
Voy poco a poco y pongo mucho empeño
Saco la capa del pensamiento
Veo que se escapa y aprovecho el viento
Vuelo más rápido a ras de suelo
Cantando cánticos de caramelo
Sueño que caigo todas las noches
Hay algo mágico que me absorbe

Y sé que es difícil comprender
Pero es que soy así
A veces rompo a llorar y a veces rompo a reír
Me cuesta tanto olvidar y a la vez es tan fácil
Y a veces duro metal y a veces copita frágil
Y a veces casi feliz y a veces casi que no
Y a veces quiero salir corriendo
Pitando, gritando, por dentro
Corriendo, pitando, ¡gritando!

Yo no estoy solo aunque vivo apartado
De tanto echar los problemas a un lado
Me he hecho una cabaña en el tejado
Ya tengo dos gatos domesticados
Vuelo más rápido cuando he soñado
Sueños que ya se me habian olvidado
Hago un esfuerzo por despertarme
Tengo algo mágico que contarte

Y sé que es difícil comprender
Pero es que soy así
A veces rompo a llorar y a veces rompo a reír
Me cuesta tanto olvidar y a la vez es tan fácil
Y a veces duro metal y a veces copita frágil
Y a veces casi feliz y a veces casi que no
Y a veces quiero salir corriendo
Pitando, gritando, por dentro
Corriendo, pitando, ¡gritando!

Y sé que es difícil comprender
Pero es que soy así
A veces rompo a llorar y a veces rompo a reír
Me cuesta tanto olvidar y a la vez es tan fácil
Y a veces duro metal y a veces copita frágil
Y a veces casi feliz y a veces casi que no
Y a veces quiero salir corriendo
Pitando, gritando, por dentro
Corriendo, pitando, ¡gritando!

Eu não estou louco

Eu não sou louco, apenas sigo um sonho
Eu vou devagar e faço um grande esforço
Pego a capa do pensamento
Vejo que escapa e aproveito o vento
Voo mais rápido ao nível do solo
Cantando doces cantos
Eu sonho que caio todas as noites
Há algo mágico que me absorve

E eu sei que é difícil entender
Mas eu sou assim
Às vezes eu paro de chorar e às vezes eu paro de rir
É tão difícil para mim esquecer e é tão fácil
E às vezes hard metal e às vezes frágil copita
E às vezes quase feliz e às vezes quase não
E às vezes eu quero fugir
Gritando, gritando por dentro
Correndo, gritando, gritando!

Eu não estou sozinho, embora eu moro separado
Tanta coisa para colocar os problemas de lado
Eu fiz uma cabine no telhado
Eu já tenho dois gatos domesticados
Voo mais rápido quando sonhei
Sonhos que eu já tinha esquecido
Faço um esforço para acordar
Eu tenho algo mágico para lhe dizer

E eu sei que é difícil entender
Mas eu sou assim
Às vezes eu paro de chorar e às vezes eu paro de rir
É tão difícil para mim esquecer e é tão fácil
E às vezes hard metal e às vezes frágil copita
E às vezes quase feliz e às vezes quase não
E às vezes eu quero fugir
Gritando, gritando por dentro
Correndo, gritando, gritando!

E eu sei que é difícil entender
Mas eu sou assim
Às vezes eu paro de chorar e às vezes eu paro de rir
É tão difícil para mim esquecer e é tão fácil
E às vezes hard metal e às vezes frágil copita
E às vezes quase feliz e às vezes quase não
E às vezes eu quero fugir
Gritando, gritando por dentro
Correndo, gritando, gritando!

Composição: Estopa
Enviada por Júlia