Inside Of Me

Eric Clapton

Original Tradução Original e tradução
Inside Of Me

The point on the water, there's a change in the air
A vibe in the darkness but there's nobody there
I look for the reason but there's nothing to see
Just a hole in my memory where my mind used to be

Tell me why
Can I find no relief in my heart
I reside
In a world that has fallen apart
Out of my mind, baby, show me a sign, baby
Show me a way to get back on time, please
Where do we go, baby, how will I know?
Who holds the key, is it hidden inside of me?

But why should I worry and why do I care
When this road that I walk on is going nowhere
I stand and I study every face in the crowd
See the fear in their eyes, they must be thinking out loud

Tell me why
Can I find no relief in my heart
I reside
In a world that has fallen apart
Out of my mind, baby, show me a sign, baby
Show me a way to get back on time, please
Where do we go, baby, how will I know?
Who holds the key, is it hidden inside of me?

Scratching the surface, it all looks the same
A world full of anger with no one to blame
But who can I turn to? Who holds the key?
And who has the answer? I think it's inside of me

Tell me why
Can I find no relief in my heart
I reside
In a world that has fallen apart
Out of my mind, baby, show me a sign, baby
Show me a way to get back on time, please
Where do we go, baby, how will I know?
Who holds the key, is it hidden inside of me?

Tell me why
Can I find no relief in my heart
I reside
In a world that has fallen apart
Out of my mind, baby, show me a sign, baby
Show me a way to get back on time, please
Where do we go, baby, how will I know?
Who holds the key, is it hidden inside of me?

All things considered it looks as though Utopia were far closer to us than anyone, only fifteen years ago, could have imagined. Then, I projected it six hundred years into the future. Today it seems quite possible that the horror may be upon us within a single century. That is, if we refrain from blowing ourselves to smithereens in the interval. Indeed, unless we choose to decentralize and to use applied science, not as the end to which human beings are to be made the means, but as the means to producing a race of free individuals, we have only two alternatives to choose from: Either a number of national militarized totalitarianisms, having as their root the terror of the atomic bomb and as their consequence the destruction of civilization (or, if the warfare is limited, the perpetuation of militarism); or else one supranational totalitarianism, called into existence by the social chaos resulting from rapid technological progress in general and the atomic revolution in particular, and developing, under the need for efficiency and stability, into the welfare-tyranny of Utopia. You pays your money and you takes your choice
[Brave New World - Aldous Huxley]

Dentro de Mim

O ponto na água, há uma mudança no ar
A vibração na escuridão, mas não há ninguém lá
Eu olho para a razão, mas não há nada para ver
Apenas um buraco em minha memória, onde minha mente costumava estar

Me diga o porquê
Posso eu encontrar um alívio em meu coração
Eu resido
Em um mundo que se desmoronou
Fora de minha mente, baby, me mostre um sinal, baby
Me mostre uma maneira de voltar no tempo, por favor
Onde vamos, baby, como vou saber?
Quem detém as chaves, está escondido dentro de mim?

Mas por que eu deveria me preocupar e por que eu me importo?
Quando a estrada que eu ando está indo a lugar nenhum
Eu levanto e estudo cada rosto na multidão
Vejo medo nos seus olhos, eles devem estar pensando voz alta

Me diga o porquê
Posso eu encontrar um alívio em meu coração
Eu resido
Em um mundo que se desmoronou
Fora de minha mente, baby, me mostre um sinal, baby
Me mostre uma maneira de voltar no tempo, por favor
Onde vamos, baby, como vou saber?
Quem detém as chaves, está escondido dentro de mim?

Arranhar a superfície, tudo parece o mesmo
Um mundo cheio de raiva, com ninguém para culpar
Mas quem a quem posso recorrer? Quem detém a chave?
E quem tem a resposta? Eu acho que está dentro de mim

Me diga o porquê
Posso eu encontrar um alívio em meu coração
Eu resido
Em um mundo que se desmoronou
Fora de minha mente, baby, me mostre um sinal, baby
Me mostre uma maneira de voltar no tempo, por favor
Onde vamos, baby, como vou saber?
Quem detém as chaves, está escondido dentro de mim?

Me diga o porquê
Posso eu encontrar um alívio em meu coração
Eu resido
Em um mundo que se desmoronou
Fora de minha mente, baby, me mostre um sinal, baby
Me mostre uma maneira de voltar no tempo, por favor
Onde vamos, baby, como vou saber?
Quem detém as chaves, está escondido dentro de mim?

Considerando tudo, parece que a Utopia estava muito mais perto de nós do que qualquer um, apenas quinze anos atrás, poderia ter imaginado. Então, projetei isso seiscentos anos no futuro. Hoje parece bem possível que o horror possa estar sobre nós em um único século. Isto é, se nos abstermos de nos explodir em pedacinhos no intervalo. De fato, a menos que decidamos descentralizar e usar a ciência aplicada, não como o fim para o qual os seres humanos devem se tornar os meios, mas como meios para produzir uma raça de indivíduos livres, temos apenas duas alternativas para escolher: Um número de totalitarismos nacionalizados militarmente, tendo como raiz o terror da bomba atômica e como consequência a destruição da civilização (ou, se a guerra é limitada, a perpetuação do militarismo); ou então um totalitarismo supranacional, chamado à existência pelo caos social resultante do rápido progresso tecnológico em geral e da revolução atômica em particular, e desenvolvendo, sob a necessidade de eficiência e estabilidade, a tirania do bem-estar da utopia. Você faz o seu pagamento e faz a sua escolha
[Admirável Mundo Novo - Aldous Huxley]

Composição: Eric Clapton / Simon Climie
Viu algum erro? Envie uma revisão.


Posts relacionados

Ver mais no Blog