Rap do Crocodile (One Piece) | o Rei do Deserto

Enygma

O herói desse país, é como enxergam hoje
O homem que toda sua esperança devasta
Pois afinal, eu sou o líder da Baroque Works
Buscando ter o controle sobre Alabasta
A pressão você não suporta, cai
Impossível que vença um Shichibukai
Se um país é o seu povo, o povo todo cai
Nunca imaginariam, Mr. 0 é Crocodile
Tudo faz parte do meu plano, pois a Pluton eu terei
Começa a guerra civil rompendo a influência do rei
Seus piratas patéticos, a mim não chegam perto
Corpos se reduzem a nada se encaram meu deserto
Sou um pirata do governo, mas a areia eu governo
Tipo um chefe de máfia, ando de charuto e terno
Tem uma coisa que aprendi por todo esse mar imundo
Confiança é a coisa mais inútil desse mundo
Suna Suna no Mi
Siga minhas ordens se preza por sua vida
Ou ela vai sumir
Assim se dá início a Operação Utopia
Não conseguem fugir
Como você achou que me impediria?
Não salva esse país
É como se estivesse submerso em areia movediça
Atividades subversivas
Não importa o quanto corra, a rebelião se move
Sua chance acaba ao meio-dia
É uma burrice sua, Luffy, achar que comigo pode
Seu joguinho foi muito longe
Agora não tem pra onde correr
Eu te forneço três minutos
Depois disso, eu não terei mais tempo para brincar com você
Seus socos não conseguem me atingir
Sem resquício de água no corpo, você morre aqui
Quem só sabe falar
Saiba, eu sou quem mais os odeia
Morra pela minha
Tempestade de Areia

Suna Suna no Mi
Hoje você some
Não poderá fugir
Então apenas corra
Entre as areias
Morra!
Façam revolução
Morre essa nação
O deserto é seu caixão
Sua vida dissipada
Desert Espada
Suna Suna no Mi
Hoje você some
Não poderá fugir
Então apenas corra
Entre as areias
Morra!
Não me vence, Luffy
Todos vou destruir
E a Pluton conseguir
Melhor não chegar perto
Crocodile, o Rei do Deserto!

Existe quem lamenta, batalha
Quem instiga a batalha
E quem quer impedi-la
Todos se encontrarão em Alubarna
Se é meio-dia
Começa a Operação Utopia
Vivi e Kohza, não podem se encontrar
Esse país vou quebrar, de dentro pra fora
Incriminando o rei enquanto ele é meu refém
Vou acabar com essa confiança que o povo tem
Escondendo o passado
O país arde em fogo
Os lados enganados
Seu ideal me dá nojo
Como você é tão fraco?
Pra matar tenho o dom
Não serei enganado
Me responda: Onde está Pluton?
Você não consegue salvar à si mesma
Imagine uma nação
Mesmo que utilize a água, não me vencerão
Tenho o deserto na minha mão
Toda pedra sobre o solo um dia padece
Essa vai ser sua derrota
Pra você não vai ter volta
Seco o ambiente a minha volta
Ground Death
Nunca confiei em ninguém
Eu não sou do bem
Sua traição conhecia bem
Desde o início
Luffy, cê não mudou nada desde nossa luta
Tente resistir a aridez absoluta
Derrotar alguém tão mais forte que você é difícil
Vale apena perder a vida por amigos?
Hoje você morrerá por isso
Soterrado, perfurado e desidratado
Depois de sobreviver tanto sua vida acaba
Mesmo que me derrote aqui, morrerá envenenado
Desert La Espada!

Suna Suna no Mi
Hoje você some
Não poderá fugir
Então apenas corra
Entre as areias
Morra!
Façam revolução
Morre essa nação
O deserto é seu caixão
Sua vida dissipada
Desert Espada
Suna Suna no Mi
Hoje você some
Não poderá fugir
Então apenas corra
Entre as areias
Morra!
Não me vence, Luffy
Todos vou destruir
E a Pluton conseguir
Melhor não chegar perto
Crocodile, o Rei do Deserto!

Composição: Enygma
Enviada por Karma. Legendado por Thirteen.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog