Amami

Emma Marrone

Original Tradução Original e tradução
Amami

La notte porta via il dolore
Mi accompagna questa musica
Mi muovo col tuo odore
Bello come chi non se lo immagina
Aspetta qui e lasciami fare

Spengo ad una ad una anche le stelle
Al buio sottovoce si dicono le cose più profonde
Ed io mi sento bella come non mai
Come questo sole che ci illumina

Amami come la terra, la pioggia d'estate
Amami come se fossi la luce di un faro nel mare
Amami senza un domani, senza farsi del male
Ma adesso amami, dopo di noi c'è solo il vento
E porta via l'amore

Cancella con i tuoi occhi le mie fragilità
Rivivo nei tuoi sensi le voglie e la paura
L'istinto di chi poi non se lo immagina
La bellezza di chi ride e volta pagina

E conservo ad una ad una anche le stelle
Le tengo fra le mani, le conto sulla pelle
E bocca contro bocca, e sono l'unica
Sotto questo cielo che ci illumina

Amami come la terra, la pioggia d'estate
Amami come se fossi la luce di un faro nel mare
Amami senza un domani, senza farsi del male
Ma adesso amami, dopo di noi c'è solo il vento
E porta via l'amore

E tutto quello che resta
Sono sogni incollati fino a dentro le ossa
E abbiamo appeso le ali
Viaggiamo dentro ai ricordi e poi restiamo da soli
Ma amami e dammi le mani, le mani, le mani, le mani

Amami
Amami senza un domani, senza farsi del male
Ma adesso amami
Dopo di noi c'è solo il vento, porta via l'amore

Ama-me

A noite leva embora a dor
Me acompanha esta música
Movo-me com o seu cheiro
Belo como quem não pensava
Espere aqui e deixe-me fazer

Apago também as estrelas uma a uma
No escuro se dizem baixinho as coisas mais profundas
E eu me sinto bela como nunca
Como este sol que nos ilumina

Ama-me como a terra, a chuva de verão
Ama-me como se eu fosse a luz de um farol no mar
Ama-me sem um amanhã, sem fazer mal a si mesmo
Mas ame-me agora, depois de nós há só o vento
E leva embora o amor

Apague com os seus olhos as minhas fragilidades
Revivo nos seus sentidos os desejos e o medo
O instinto de quem depois não imagina
A beleza de quem ri e vira a página

E também conservo uma a uma as estrelas
Coloco-as entre as mãos, conto-as sobre a pele
E boca contra boca e sou a única
Sob este céu que nos ilumina

Ama-me como a terra, a chuva de verão
Ama-me como se eu fosse a luz de um farol no mar
Ama-me sem um amanhã, sem fazer mal a si mesmo
Mas ame-me agora, depois de nós há só o vento
E leva embora o amor

E tudo aquilo que fica
São sonhos presos até dentro dos ossos
E penduramos as asas
Viajamos para dentro das lembranças e então ficamos sós
Mas ame-me e dê-me as mãos, as mãos, as mãos, as mãos

Ame-me
Ama-me sem um amanhã, sem fazer mal a si mesmo
Mas agora ame-me
Depois de nós há só o vento, leva embora o amor

Enviada por Denis e traduzida por Denis.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Emma Marrone

Ver todas as músicas de Emma Marrone