O Forse Sei Tu

Elisa

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

O Forse Sei Tu

Sarà che il tempo poi
Alla fine, proprio non ci sfiora
O forse è solamente il cielo
Quando si colora un po’ di più
O forse sei tu
O forse sei tu

Ti capirei se non dicessi
Neanche una parola
Mi basterebbe un solo sguardo
Per immaginare il mare blu
E niente di più
E niente di più

E chiedimi tu come stai
Se ancora io non l’ho capito
E se domani partirai
Portami sempre con te
Sarò
Tra le luci di mille città
Tra la solita pubblicità
Quella scusa per farti un po’ ridere
E io sarò
Quell’istante che ti porterà
Una piccola felicità
Quella stupida voglia di vivere
Sempre
Sempre

Sarà che tra tutto il casino sembra primavera
Sarà che la vertigine non mi fa più paura
E guardo giù
O forse sei tu
O forse sei tu

E chiedimi tu come stai
Se ancora io non l’ho capito
E se domani partirai
Portami sempre con te
Sarò
Tra le luci di mille città
Tra la solita pubblicità
Una scusa per farti sorridere
Sì che sarò
Quell’istante che ti porterà
Una piccola felicità
Quella stupida voglia di vivere
Sempre

Mille volte
Ti ho cercato, Ti ho pensato
Un po’ più forte
Nella notte ancora

Mille volte
Quella musica risuona in ogni parte
Nella notte
Forse sei tu
Tra le luci di mille città
Tra la solita pubblicità
Quella scusa per farmi un po’ ridere
Forse sei tu
Quell’istante che mi porterà
Una piccola felicità
Quella stupida voglia di vivere
Sempre
Sempre
Sempre
Quella stupida voglia di vivere

Ou talvez seja você

Será essa hora então
No final, ele simplesmente não nos toca
Ou talvez seja apenas o céu
Quando você colore um pouco mais
Ou talvez seja você
Ou talvez seja você

Eu te entenderia se você não dissesse
Nem mesmo uma palavra
Um único olhar seria suficiente para mim
Para imaginar o mar azul
E nada mais
E nada mais

E me pergunte como você está
Se eu ainda não descobri
E se você sair amanhã
Sempre me carregue com você
Eu vou ser
Entre as luzes de mil cidades
Entre a publicidade habitual
Essa desculpa para fazer você rir um pouco
E eu serei
Aquele instante que vai te levar
Um pouco de felicidade
Essa vontade estúpida de viver
Tempo todo
Tempo todo

Será que entre toda a bagunça parece primavera
Talvez seja porque a vertigem não me assusta mais
E eu olho para baixo
Ou talvez seja você
Ou talvez seja você

E me pergunte como você está
Se eu ainda não descobri
E se você sair amanhã
Sempre me carregue com você
Eu vou ser
Entre as luzes de mil cidades
Entre a publicidade habitual
Uma desculpa para fazer você sorrir
Sim, eu vou
Aquele instante que vai te levar
Um pouco de felicidade
Essa vontade estúpida de viver
Tempo todo

Mil vezes
Eu estive procurando por você, estive pensando em você
Um pouco mais forte
Na noite quieta

Mil vezes
Essa música ressoa em cada parte
Na noite
Talvez seja você
Entre as luzes de mil cidades
Entre a publicidade habitual
Essa desculpa para me fazer rir um pouco
Talvez seja você
Aquele instante que vai me levar
Um pouco de felicidade
Essa vontade estúpida de viver
Tempo todo
Tempo todo
Tempo todo
Essa vontade estúpida de viver

Enviada por Alany. Legendado por Eduardo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog