Isso Aí É Que É Forró

Eliane Camargo

Puxe o fole, sanfoneiro
Toque um forró bem ligeiro
De fazer cair suor

Eu quero ver essa gente
Forrozando, bem contente
Quanto mais quente, melhor

Meto o dedo, sanfoneiro
Se estica, zabumbeiro
E deixe de lero lero

Esse é forró do norte
Tá no jeito que eu gosto
É assim mesmo que eu quero

Quero ouvir o chiá do chinelo
Quero ver do chão, levantar pó
Quero ver todo mundo forrozando
E a sanfona se abrindo, sem dó
Quero ouvir o meu povo falando
Minha gente, isso aí é que é forró

Quero ouvir o chiá do chinelo
Quero ver do chão, levantar pó
Quero ver todo mundo forrozando
E a sanfona se abrindo, sem dó
Quero ouvir o meu povo falando
Minha gente, isso aí é que é forró

Quero ouvir o meu povo falando
Minha gente, isso aí é que é forró

O forró tem que ser quente
Pra dar um calor na gente
De cair suor no chão

Sanfoneiro, não é mole
Na hora que puxa o fole
Pega fogo no salão

Vamo lá, rapaziada
A mulherada tá animada
Não pode deixar cair

Quem não é bom, sai do jogo
Que o forró vai pegar fogo
Até quando o Sol sair

Composição: Eliane Camargo / Pedro Lima
Enviada por Anderson.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog