Original Tradução Original e tradução
Dear Believer

Dear Believer, come sing me a song
Let the octave belong to the next
And lifting us soundly back into the world
May we sing the Earth, Heaven's breath
Murder murder, you haunt every bone
But the son you have grown still resists
Anger anger, you're finally my bitch
Through glory of this, Heaven's breath.

[Chorus:]
Paradise, has its hunter
Call me blind, call me fool
I don't mind chasing thunder
I say reaching for Heaven is what I'm on Earth to do.

Dear Believer, I've no cause to go on
Save for if you take my case
See the world was good and heavy on my shoulders as a child
But I let it all go to my waist
Now comfort's rooting pigs for my blood
To stick in my mud, a flag of white
Dear Believer, of fire and rebirth
May we shine the Earth, Heaven's light

[Chorus]

Dear Believer come sing us a song
Like we sang upon, younger days
When the world was good and heavy on our shoulders as a child
'Fore we let it all go to waste.

Paradise has its hunter
Call me wise, call me fool
I don't mind chasing thunder
I say reaching for Heaven is what I'm on Earth to do

I say reaching for Heaven is what I'm on Earth to do
Maybe reaching for Heaven is what I'm on Earth to do...

Querido Sonhador

Querido sonhador, venha cantar-me uma canção
Deixe a oitava pertencer à próxima
E elevando-nos de volta ao mundo
Talvez cantemos à Terra, os murmúrios do Céu
Assassinato, assassinato, assombra todos os seus ossos
Mas o filho que em ti cresceu ainda resiste
Raiva, raiva, você finalmente é minha cadela
Através da glória desses murmúrios celestes.

[Refrão]
Paraíso, tem o seu caçador
Me chame de cego, me chame de tolo
Não me importo em perseguir o trovão
Eu digo que ascender ao Céu é o motivo pelo qual estou na Terra

Querido sonhador, eu não tenho motivos para seguir em frente
Exceto se você adotar a minha motivação
Veja como o mundo era bom e pesado sobre meus ombros, feito uma criança
Mas eu o deixei escapar, cintura abaixo
Agora acomodo porcos que escavam raízes em meu sangue
Para fincar na minha lama, uma bandeira branca
Querido sonhador, do fogo e renascimento
Talvez iluminemos a Terra, com a luz celeste

[Refrão]

Querido sonhador, venha cantar-nos uma canção
Como cantávamos na nossa infância
Quando o mundo era bom e pesado sobre nossos ombros, feito uma criança
Antes de o lançarmos ao esquecimento

Paraíso, tem o seu caçador
Me chame de sábio, me chame de tolo
Eu não me importo em perseguir o trovão
Eu digo que ascender ao Céu é o motivo pelo qual estou na Terra

Eu digo que ascender ao Céu é o motivo pelo qual estou na Terra
Talvez ascender ao Céu seja o motivo pelo qual estou na Terra

Enviada por Daniel e traduzida por Gabriel.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Edward Sharpe & The Magnetic Zeros

Ver todas as músicas de Edward Sharpe & The Magnetic Zeros