La Goualante du Pauvre Jean

Édith Piaf

Original Tradução Original e tradução
La Goualante du Pauvre Jean

Esgourdez rien qu'un instant
La goualante du pauvre Jean
Que les femmes n'aimaient pas
Mais n'oubliez pas
Dans la vie y a qu`une morale
Qu'on soit riche ou sans un sou
Sans amour on n'est rien du tout

Il vivait au jour le jour
Dans la soie et le velours
Il pionçait dans de beaux draps
Mais n'oubliez pas
Dans la vie on est peau de balle
Quand notre c?ur est au clou
Sans amour on n`est rien du tout

Il bectait chez les barons
Il guinchait dans les salons
Et lichait tous les tafias
Mais n'oubliez pas
Rien ne vaut une belle fille
Qui partage votre ragoût
Sans amour on n`est rien du tout

Pour gagner des picaillons
Il fut un méchant larron
On le saluait bien bas
Mais n'oubliez pas
Un jour on fait la pirouette
Et derrière les verrous
Sans amour on n'est rien du tout

Esgourdez bien jeunes gens
Profitez de vos vingt ans
On ne les a qu'une fois
Et n'oubliez pas
Plutôt qu'une cordelette
Mieux vaut une femme à son cou
Sans amour on n'est rien du tout

Et voilà mes braves gens
La goualante du pauvre Jean
Qui vous dit en vous quittant
Aimez-vous....

La Goualante du Pauvre Jean (Tradução)

Escutem por um instante
A balada do pobre Jean
Que as mulheres não amam
Mas não o esquecem
Existe apenas uma moral na vida
Ricos ou sem um tostão
Não somos nada sem amor

Ele vivia o dia-a-dia
Entre seda e veludos
Dormindo entre bons lençóis
Mas não esqueça
Na vida nada valemos
Quando nosso coração está no prego
Não somos nada sem amor

Ele comia em casa dos barões
Dançava nos salões
Bebendo toda aguardente
Mas não esqueça
Nada vale mais do que uma bela jovem
Que partilha sua comida
Não somos nada sem amor

Para ganhar uns trocados
Tornou-se um mau ladrão
E lhe falavam em surdina
Mas não esqueça
Num dia se faz piruetas
No outro vem a prisão
Nada somos sem amor

Escutem bem jovens
Aproveitem seus vinte anos
Só os temos uma vez
E não esqueçam
Ao invéz de pendurar uma corrente
Tenham uma mulher no pescoço
Nada valemos sem amor

Eis aí meus jovens
A balada do pobre Jean
Que lhes diz ao vos deixar
Amem-se ...

Composição: Marguerite Monnot / René Rouzaud
Enviada por Adriana e traduzida por Rotildo. Revisão por Alfredo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Édith Piaf

Ver todas as músicas de Édith Piaf