LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Lately

Ed Sheeran

Lately

I seem to find myself talking to the powers that be
Awaking the shade and shadowed under towering trees
Admiring the seen, inhaling fumes of flowers that breathe
Jet lagged eyes are begging for an hour to sleep

Although my blood shot whites and iris's they never find any
Clock stops at times where the Sun shine can blind many
Although my eyes are heavy they wont be closing soon
Cos I know that time waits for nobody, I suppose its true
We make corrosive tunes with acid tabs and vocal booths
To see the flashing lights at photo shoots, we make our motive moves

I say what ever I feel to vent a rhyme
So I can still invent the lines and stay close to the friends of mine
Cos we all recognise, real is what my father says
And I'll be sticking to this phrase until I pass away
Overworking, no sleep is just another way to die slow
But I'll just keep going strong as ever, never let my eyes close

5 O'clock with lights off
Interview with a vampire
Sleep is for the living and not a utensil that I require

I swear I said, that I'll sleep when I'm dead
Whos on the beat upon the feature with ed its d-e-v to the z
Over tired, pale faced like michael myers
Bags underneath my eyes can show the baggage I've acquired

And over the time within this maze I'll think you'll find
You'll never find that peace of mind you seek to find until your dying
Cuz I got too much to stay awake for
To sleep or even take 4, seconds out the game

Its time to wage war
Scissors, grab a sword, and sharpen up your hunting knives
2 Psychopathic lyricists are driving on the hunt tonight
I'm haling from the essex and the east London boarder line

Villans never sleep they mastermind in all sorts of crimes
Be wide awake just like your snorting lines
Or get left mortified like you just seen the ghost of Jesus walking by

I never sleep
When trouble steals thoughts from a restless mind for free, it could be, ah
The times I'm living in I never sleep
When trouble steals thoughts from a restless mind for free, it could be
The times I'm living in lately

I brush my teeth every night but still I wake up with a bad mouth
And the background is my past and my presence will bring it back out
Deliver the raps how I flow
I live with the raps now and those that hate me call me wrong

But they wont slither in too easy, believe me I'm snake minded
Be within this great time, be on minimum wage, life is a prison escape that I'm in
Its all to do with timing not the label that you sign with
Then my mates are doing fine but then they never put the time in

I try to hide my cold side like when I flip my pillows
Some of the the songs I write are real because the chart is filled with si-li-cone
I'm still broke without the money for a mac pro
Living out of three bags no talk about my cash flow

Opposite of sober cos I never did my homework
Which has got me on the sofá, no degree but growing older
I played a fool to catch the wise I will never tell a lie
I wake dead, take deep breaths, try to never die!
Never die

2 Guys with the same view, keep it tight like scrooge
Making metaphors flow and move, like typhoons and tunes
And if we got our eyes on you, we'll catch you while you snooze
Times elapsing while your catching z's, the masses like to move

We scan the situation, analyse information, and then decide
What probably is most practical to do
Driven young gentlemen
I've hardly changed my bed sheets at all over the last 12 months

Cos I haven't slept in them, true!
I'm coming home, the lights are on
Your rights are wrong so I'm correcting 'em
We got the fans all like 'oh wow its its devs

And ed' what less did you bloody expect from 'em
In the end sleep deprivation might just be our detriment
Fighting through writers block from 9 o'clock to 5 o'clock
And no way will I ever waste a second of the time I got

I keep my pupils engaged
Like a classroom in holy matrimony
But I'm only trying to stay awake

I never sleep
When trouble steals thoughts from a restless mind for free, it could be, ah
The times I'm living in I never sleep
When trouble steals thoughts from a restless mind for free, it could be
The times I'm living in lately

Ultimamente

Eu tenho me encontrado falando com os poderes que estão
Acordando a sombra e sombreando debaixo de árvores
Admirando o visto, inalando fumos de flores que respiram
Olhos cansados imploram por uma hora de sono
Apesar dos meus olhos vermelhos, não encontram nem uma
O relógio pára nas horas onde o sol pode cegar muitos
Apesar dos meus olhos estarem pesados, eles não vão fechar
Porque sei que o tempo não espera por ninguém, suponho que seja verdade
Fazemos musicas corrosivas com tablaturas ácidas e caixas vocais
Para ver as luzes piscando em sessões fotográficas, fazemos movimentos motivados

Eu digo o que eu quiser quando quero desabafar uma rima
Para poder inventar as linhas e ficar próximo dos meus amigos
Porque todos reconhecemos, real é o que o meu pai diz
E eu vou me agarrar nessa frase até eu morrer
Trabalhar demais, sem dormir é outro jeito de morrer devagar
Mas vou continuar forte e não deixar meus olhos fecharem

Devlin
5 Horas com as luzes apagadas
Entrevista com um vampiro
Dormir é para os vivos e não um utensílio que eu preciso
Eu juro que disse que dormirei quando estiver morto
Quem está na batida com ed, é d-e-v ao z
Muito stressado, cara pálida como michael myers
Olheiras mostram a bagagem que eu consegui
E com o tempo neste labirinto peno que você vai ver que nunca encontra aquela paz que você procura até morrer
Porque tenho muito pra ficar acordado, dormir ou até tirar 4 segundos do jogo
É hora de começar guerra
Tesouras, agarre uma espada e afie suas facas
2 Psicopatas líricos estão dirigindo na caça hoje
Estou curado dos distúrbios de essex e londres este
Vilões nunca dormem, eles pranejam vários crimes
Esteja bem acordado, tal como as suas linhas
Ou seja deixado como se tivesse acabado de ver o fantasma de Jesus passando

Refrão
Eu nunca durmo
Quando problemas roubam pensamentos de uma mente inquieta de graça, podia ser, ahhh
Os momentos que vivo, eu nunca durmo, quando problemas roubam pensamentos de uma mente inquieta de graça, podia ser..

Os tempos que eu vivo ultimamente

Ed
Eu escovo os dentes todas as noites mas acordo com mau hálito
E o fundo é meu passado e a minha presença vi buscar ele de volta
E entrega os raps que eu corro
Eu vivo com os raps e quem em odeia diz que estou errado
Mas não vão deslizar tão facilmente, acredite, penso como cobras
Nesta época, estar com salário mínimo é uma prisão que eu estou
E tudo tem a ver com o tempo, não a editora que você assina
E meus amigos estão bem, mas nunca têm tempo
Eu tento esconder meu lado frio como quando viro travesseiros
Alguma das musicas que faço são verdade porque o placar está cheio de si-li-cone
Estou falido sem dinheiro para um mac pro, vivendo de três sacos, sem conversa sobre o meu dinheiro
Oposte de sóbrio porque nunca fiz os trabalhos de casa
O que me colocou no sofá, sem graduação mas envelhecendo
Enganei um idiota para pegar o sábio, eu nunca irei mentir
Eu ando morto, respiro fundo, tento nunca morrer!
Nunca morrer.

Devlin
2 Rapazes com a mesma vista, ficam juntos como scrooge
Criando metáforas e movem-se como tufões e músicas
E se olharmos pra você, te pegamos quando dormir
Tempo está acabando enquanto você dorme, as massas movem
Scaneamos a situação, analisamos informação, e depois decidimos o que é mais prático fazer
Jovens educados e motivados
Eu mal mudei meus lençóis nos últimos 12 meses porque não dormi neles, verdade!
Estou indo para casa, luzes ligadas, seus certos são errados por isso estou corrigindo-os
Temos os fãs tipo, 'oh wow é o dev e ed', o que que você esperava deles
No final, privação do sono pode ser nosso detrimento
Lutando com bloqueio de escrita das 9 às 5 e de jeito nenhum eu alguma vez vou desperdiçar um segundo do meu tempo
Mantenho minhas pupilas ativas
Como uma sala de aula, mas em santo matrimónio, mas apenas estou tentando me manter acordado.

Refrão
Eu nunca durmo
Quando problemas roubam pensamentos de uma mente inquieta de graça, podia ser, ahhh
Os momentos que vivo, eu nunca durmo, quando problemas roubam pensamentos de uma mente inquieta de graça, podia ser.. (x4)
Os tempos em que eu vivo ultimamente.

Enviada por Matheus e traduzida por Jessica. Revisão por Rayan.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Ed Sheeran

Ver todas as músicas de Ed Sheeran