Inevitable

Dulce María

Original Tradução Original e tradução
Inevitable

Hoy, quiero gritarlo
Sobran las palabras
Hoy, llegó el tiempo
De liberar mis sentimientos

Arma letal, te quiero amar
Cumplicidad esta noche
Déjame entrar, sin preguntar
Ser tu mitad esta noche

Es que no enamorarme de ti
Es inevitable
Quiero, pero no puedo
Resistir a este sentimiento

Solo pienso en dibujar
Mis deseos sobre tu cuerpo
Es que no enamorarme de ti
Es inevitable

Hoy, debo quedarme
Muy lejos de tus labios
Si estás tan cerca
No controlo esto que siento

Arma letal, te quiero amar
Cumplicidad esta noche
Déjame entrar, sin preguntar
Hay que soñar esta noche

Es que no enamorarme de ti
Es inevitable
Quiero, pero no puedo
Resistir a este sentimiento

Solo pienso en dibujar
Mis deseos sobre tu cuerpo
Es que no enamorarme de ti
Es inevitable

Tu boca dice ven (ven), tus besos dicen ven (ven)
Tus ojos me derriten, baby (es inevitable)
Tus manos dicen ven (ven), tu cuerpo dice ven (ven)
Tus brazos son peligro, baby

(Y es inevitable)

Es que no enamorarme de ti
Es inevitable
Quiero, pero no puedo
Resistir a este sentimiento

Solo pienso en dibujar
Mis deseos sobre tu cuerpo
Es que no enamorarme de ti
Es inevitable

Inevitável

Hoje, quero gritar tudo
Não basta só falar
Hoje, chegou a hora
De libertar os meus sentimentos

Arma letal, quero te amar
Cumplicidade hoje à noite
Me deixe entrar, sem questionar
Ser sua metade hoje à noite

Porque não me apaixonar por você
É inevitável
Quero, porém não consigo
Resistir a este sentimento

Eu só penso em desenhar
Os meus desejos sobre o seu corpo
Porque não me apaixonar por você
É inevitável

Hoje, tenho que ficar
Bem longe dos seus lábios
Quando você está muito perto
Não controlo os meus sentimentos

Arma letal, quero te amar
Cumplicidade hoje à noite
Me deixe entrar, sem questionar
Vamos sonhar hoje à noite

Porque não me apaixonar por você
É inevitável
Quero, porém não consigo
Resistir a este sentimento

Eu só penso em desenhar
Os meus desejos sobre o seu corpo
Porque não me apaixonar por você
É inevitável

Sua boca me diz vem (vem), seus beijos dizem vem (vem)
Os seus olhos me derretem, meu bem (é inevitável)
Suas mãos dizem vem (vem), o seu corpo me diz vem (vem)
Os seus braços são um perigo, meu bem

(E é inevitável)

Porque não me apaixonar por você
É inevitável
Quero, porém não consigo
Resistir a este sentimento

Eu só penso em desenhar
Os meus desejos sobre o seu corpo
Porque não me apaixonar por você
É inevitável

Composição: Andrea Hernández / Axel Dupeyrón / Dulce Maria
Enviada por Renata e traduzida por Gabriella. Legendado por Ana. Revisões por 12 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Dulce María

Ver todas as músicas de Dulce María