Cortejo

Duarte

Cê desapareceu, virou fumaça, e ai?
Finge de morto quando eu ligo
Mas eu sei que não
Resiste ao meu cortejo, isso dai é só charme

Tem que diga que eu, perdi a cabeça por ti
Mas eu não aguento, é tanto amor que eu colhi por você
Preciso de te ver, te espiar até tarde
Não tenho vergonha de dizer
Que eu só faço pensar em você

Já não adianta se esconder
Eu lhe acho, eu lhe caço, até lhe ter
Eu não vou me desacreditar
Nessa dança eu sou teu único par
Teu silêncio não me recuou

Não desisto tão fácil
Eu quero ser o teu nascer e pôr-do-sol
Cada canto teu, lhe fazer Dom Primeiro do meu reino
Desacelera esse teu esquivar
Você bem sabe que vou lhe alcançar

E ser teu homem
Sete vezes eu peço, e peço mais sete mil
Esse querer vem me tomando, eu não vou controlar
Falta você aceitar toda essa felicidade

É esse teu sorriso que Deus tratou de esculpir
O réu primário, responsável por me enfeitiçar
Deixa eu morar ai, fazer a minha cidade
Não tenho vergonha de dizer
Que eu só faço pensar em você

Já não adianta se esconder
Eu lhe acho, eu lhe caço, até lhe ter
Eu não vou me desacreditar
Nessa dança eu sou o teu único par
Teu silêncio não me recuou
Não desisto tão fácil

Eu quero
Eu quero
Eu quero ser o teu nascer e pôr-do-sol
Cada canto teu, lhe fazer Dom Primeiro do meu reino

Desacelera esse teu esquivar
Você bem sabe que eu vou lhe alcançar, e ser teu homem
Foi teu sorriso que me trouxe pra cá
Eu não desisto antes de lhe provar, que eu sou o teu homem

Composição: Guilherme Duarte
Enviada por Sarah. Legendado por Maria.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Duarte

Ver todas as músicas de Duarte