Valley Of The Damned

DragonForce

Original Tradução Original e tradução
Valley Of The Damned

On a cold dark winter night, hidden by the stormy light
A battle rages for the right, for what will become
In the valley of the damned, a warrior with sword in hand
He travels fast across the land, for freedom he rides

And the sign from the master on high
He screams aloud and across hear the cry
For the kingdom of fire and ice
And the power to be alive

Be strong ride on, carry on through the war
Come along carry on, living for ever more

On the wings of death, by the hands of doom
By the darkest light from the darkest moon
Crossing silent seas, over mountains high
For we stand as one tonight

On the black wind forever we ride on together
Destroying your evil with freedom our guide
When the master will call us
He'll stand high before us
Our hearts filled with splendour
Our swords will shine over the light

In the valley of the damned
Day breaks with golden strand
Over pastures green it glows
To where night returns

In the shadows faces appear
Warriors wearing full metal gear
Join together one and all before the glorious light
Rise up, gather around, come and hear what is said
Use your senses, open your mind, don't you ever forget

On the wings of life, by the hands of hope
By the brightest light from the brightest sun
Crossing silent seas over mountains high
To the valley of the damned

On the black wind forever we ride on together
Destroying your evil with freedom our guide
When the master will call us
He'll stand high before us
Our hearts filled with splendour
Our swords will shine over the light

On the black wind forever we ride on together
Destroying your evil with freedom our guide
When the master will call us
He'll stand high before us
Our hearts filled with splendour
Our swords will shine over the light

The black wind forever we ride on together
Destroying your evil with freedom our guide
When the master will call us
He'll stand high before us
Our hearts filled with splendour
Our swords will shine over the light

Vale Dos Condenados

Numa noite fria de inverno, escondido por uma luz tempestuosa
Uma guerra é travada pelo direito, pelo que se tornará
No vale dos condenados, um guerreiro com uma espada na mão
Ele viaja rápido através da terra, pela liberdade ele cavalga

E o sinal do senhor nas alturas
Grita em voz alta e ouve o choro
Pelo o reino de fogo e gelo
E o poder de estar vivo

Seja forte, cavalgue, continue através da guerra
Venha seguir em frente, vivendo para sempre

Nas asas da morte, pelas mãos da desgraça
Pela luz mais escura da Lua mais escurecida
Atravessando mares silenciosos, além de altas montanhas
Permanecemos como um esta noite

No vento negro nós cavalgamos para sempre juntos
Destruindo o seu mal com a liberdade nosso guia
Quando o mestre nos chamar
Ele ficará de pé diante de nós
Nossos corações cheios de esplendor
Nossas espadas irão brilhar sobre a luz

No vale dos amaldiçoados
O dia amanhece com o fio dourado
Brilha através da pastagem verde
Para aonde retorna a noite

Nas sombras aparecem faces
Guerreiros vestindo equipamentos de metal
Unam-se cada um e todos antes da luz gloriosa
Levantem-se, reúnam-se, venham ouvir o que é dito
Use os seus sentidos, abra a sua mente, não se esqueça

Nas asas da vida, pelas mãos da esperança
Pela mais brilhante luz do Sol mais brilhante
Atravessando mares silenciosos além de altas montanhas
Para o vale dos condenados

No vento negro nós cavalgamos para sempre juntos
Destruindo o seu mal com a liberdade nosso guia
Quando o mestre nos chamar
Ele ficará de pé diante de nós
Nossos corações cheios de esplendor
Nossas espadas irão brilhar sobre a luz

No vento negro nós cavalgamos para sempre juntos
Destruindo o seu mal com a liberdade nosso guia
Quando o mestre nos chamar
Ele ficará de pé diante de nós
Nossos corações cheios de esplendor
Nossas espadas irão brilhar sobre a luz

No vento negro nós cavalgamos para sempre juntos
Destruindo o seu mal com a liberdade nosso guia
Quando o mestre nos chamar
Ele ficará de pé diante de nós
Nossos corações cheios de esplendor
Nossas espadas irão brilhar sobre a luz

Composição: Sam Totman / ZP Theart
Enviada por André e traduzida por Paulo. Legendado por Lucas e Guilherme. Revisões por 12 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog