Calhambeque (part. Lili Caneças)

Dois Brancos & Um Preto

Lá na rua onde eu moro conheci uma vizinha
Separada do marido, está morando sozinha
Além de ser bonita, é um poço de bondade
Vendo meu carro à chuva ofereceu sua garagem
A minha vizinha é boa, da garagem vou cuidar
Na porta mato cresceu, dei um jeito de cortar
A bondade da vizinha (ohh querido)

É coisa de outro mundo
Quando não uso a da frente eu uso a garagem do fundo
Eu ponho o carro, tiro o carro, à hora que eu quiser
Que garagem apertadinha, que doçura de mulher
Tiro cedo, ponho à noite e às vezes à tardinha
Estou até mudando o óleo na garagem da vizinha
Eu ponho o carro, tiro o carro, à hora que eu quiser
Que garagem apertadinha, que doçura de mulher

Tiro cedo, ponho à noite e às vezes à tardinha
Estou até mudando o óleo na garagem da vizinha
(Squirt, squirt)
Na garagem da vizinha
Estou até mudando o óleo na garagem da vizinha
(Squirt, squirt)

Mudas, se eu deixar
Cuidado com o óleo para não me salpicar
Eu curto buzinar no calhambeque (pipi)
Eu quero buzinar no calhambeque (pipi)
Mas ya, eu curto buzinar no calhambeque (pipi)
Eu quero buzinar no calhambeque (piriririri)

É o calhambeque (ehh)
É o calhambeque (ohh)
Eu curto buzinar no calhambeque (ehh)
É o calhambeque (ehh)
É o calhambeque (ohh)
Ya eu curto buzinar no calhambeque porque eu

Eu ponho o carro, tiro o carro, à hora que eu quiser
Que garagem apertadinha, que doçura de mulher
Tiro cedo, ponho à noite e às vezes à tardinha
Estou até mudando o óleo na garagem da vizinha
Eu ponho o carro, tiro o carro, à hora que eu quiser
Que garagem apertadinha, que doçura de mulher

Tiro cedo, ponho à noite e às vezes à tardinha
Estou até mudando o óleo na garagem da vizinha
(Squirt, squirt)
Na garagem da vizinha
Estou até mudando o óleo na garagem da vizinha

Mudas, se eu quiser
Só podes pôr o carro quando a tia disser
Óh senhor guarda
Não leve a mal
O que está vendo não é só o tal e tal
Óh senhor guarda
Não leve a mal
O que está vendo não é só o tal e tal, é que eu

Eu só curto buzinar no calhambeque (pipi)
Ya eu quero buzinar no calhambeque (pipi)
Ya eu curto buzinar no calhambeque (pipi)
Eu quero buzinar no calhambeque (piriririri)

Eu ponho o carro, tiro o carro, à hora que eu quiser
Que garagem apertadinha, que doçura de mulher
Tiro cedo, ponho à noite e às vezes à tardinha
Estou até mudando o óleo na garagem da vizinha
Eu ponho o carro, tiro o carro, à hora que eu quiser
Que garagem apertadinha, que doçura de mulher

Tiro cedo, ponho à noite e às vezes à tardinha
Estou até mudando o óleo na garagem da vizinha (squirt, squirt)
Sabe querido
É que eu tenho uma garagem de luxo que não é para qualquer um
V.I.P., V.I.P.
(Squirt, squirt)

Eu mudo o óleo
Quando me aptecer, quando eu quiser, sempre que me aptece
Às horas que me aptece, ninguém me diz nada (ohh)

Quem quer entrar, ponha o dedo no ar
Quem quer sair, para se divertir, é no meu carocha
Quem quer entrar, ponha o dedo no ar
Quem quer sair, para se divertir, é no meu carocha
Quem quer entrar, ponha o dedo no ar
Quem quer sair, para se divertir, é no meu carocha
(É no meu carocha, é no meu carocha)
Quem quer sair para se divertir, é no meu carocha
Quem quer entrar, ponha o dedo no ar
Quem quer sair, para se divertir, é no meu carocha
Quem quer entrar, ponha o dedo no ar
Quem quer sair, para se divertir, é no meu carocha
(É no meu carocha, é no meu carocha)
Quem quer sair, para se divertir, é no meu carocha
(Onde? Mas ouve lá, onde é que tu guardas o teu carocha?)

Eu ponho o carro, tiro o carro, à hora que eu quiser
Que garagem apertadinha, que doçura de mulher
Tiro cedo, ponho à noite e às vezes à tardinha
Estou até mudando o óleo na garagem da vizinha
Mudas, se eu deixar, e cuidado com o óleo para não me salpicar
Mudas, se eu quiser, e só podes pôr o carro quando a tia disser


Posts relacionados

Ver mais no Blog