Cage

Dir en Grey

Original Tradução Original e tradução
Cage

shibire wo kirashiteru boku wa mazo no chi wo hiki sado no kimi wo matsu
dekireba doku no baiser de
hitan yue ni bitoku miezu kimi wa saigo no mama de
kioku umete kizukarenu you ni saisho no mama
tokei wa hidarimawari demo okashita tsumi wa kaerezu
saisho de saigo no rikaisha yakitsukete

iyagaru boku wo mite tsuyoku soshite yasashiku muriyari no tetsudan
keshite kimi ni wa ienai
kawa no kishimu oto ga itai kizu wo fukamete yukou
shittobukai kimi wa itsudemo reiketsu na no?
osanai koro no gyakutai ga ne ima demo wasurezu ni itai
naze mama wa inai no oshiete yo

itsu ka wa yasashisa ni kizuite haha naru yurikago no naka de

hitsuu yue ni mae ga miezu boku no saigo no mama de
semete kimi ni kizukarenu you ni saisho no mama
tokei wa hidarimawari demo okashita tsumi wa kaerezu
saisho de saigo no rikaisha kowashita

boku ni wa yasashisugita no ka naa? mukashi no torauma wo utsushi
saigo no kimi made kowashita boku wa sado?

Gaiola

Estou ficando impaciente, tirando o sangue de mazoquista, eu espero por você, o sádico.
Se isso é possível, com um beijo venenoso.
Incapaz de ver virtude alguma na minha tristeza, em você última mãe
Eu queimo a memória então você não pode perceber a primeira mãe
mesmo de o relógio girar ao contrário, pecados cometidos não podem mudar
No começo eu gravei a última coincidência

Procure pelo meu eu perdendo a vontade de existir,
ferosmente e gentilmente, uma decisão forçada
que eu não posso dizer que fiz pra você

O som rangente do couro machucado, os ferimentos serão profundos.
Profundamente ciumento você ai sempre ser sangue frio?
mesmo agora eu não quero esquecer o abuso da minha juventude.
Por que eu não tenho uma mãe? Me conte.

Algum dia vou perceber a falta de carinho.
no "berço"* que vim da minha mãe patrona

Antes que eu possa ver a razão da minha amargura, na minha última mãe
então esse é o mínimo que você não pode notar primeira mãe
Mesmo se o relógio girar ao contrário, pecados cometidos não podem mudar
No começo a última coincidencia foi destruída
Eu imagino se você foi gentil comigo também ?
reletindo um trauma de muito tempo atrás
Sou eu quem destrói você, o último sádico?

*= "berço" pode ser traduzido, nesse caso, também como gaiola, pelo sentido geral da letra.

Composição: Kaoru / KYO
Enviada por André. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Dir en Grey

Ver todas as músicas de Dir en Grey