História

Diogo Piçarra

Nunca fui tão honesto até aqui
Pois nunca disse o quanto eras para mim
Não consegui escrever-te o que senti
No dia em que apareceste eu renasci

E mesmo que o tempo, passe lá fora
Eu juro que sou o único que nunca te abandona
E mesmo que o vento, te leve agora
E sempre serás o fim e o início da minha história

Da minha história
Da minha história
E sempre serás o fim e o início da minha história
Da minha história
Da nossa história
E sempre serás o fim e o início da minha história

Nunca estive tão perto como aqui
De estar completo por te ver feliz
E sei que nunca te agradeci
Por seres o que nunca fui para ti

E mesmo que o tempo, passe lá fora
Eu juro que sou o único que nunca te abandona
E mesmo que o vento, te leve agora
E sempre serás o fim e o início da minha história

Da minha história
Da minha história
E sempre serás o fim e o início da minha história
Da minha história
Da nossa história
E sempre serás o fim e o início da minha história

Composição: Diogo Piçarra
Enviada por Xavier. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog