Dialeto

Diogo Piçarra

Eu não percebo
Sempre que pedes eu sou-te sincero
Não tenho medo
Mas nunca esqueço que não conheço
Alguém como tu que me ame sem preço
Ou que tenha o apreço
Porque mereço não pelo sucesso

Porque tudo que nos vem
Vai, vai, vai, cai, cai e outra bye bye bye
Bye bye bye
E quem queremos mais
Vai, vai, sai, sai e outra bye bye bye
Bye bye bye

Sei que não quero
Fugir como sempre que o amor nos pede
Desculpa-me mesmo se nunca tento ser tão perfeito
Às vezes sou mais do que aquilo que pedes
Mas não tenhas medo, és tudo que eu quero
É o meu dialeto

Porque tudo que nos vem
Vai, vai, vai, cai, cai e outra bye bye bye
Bye bye bye
E quem queremos mais
Vai, vai, sai, sai e outra bye bye bye
Bye bye bye

Mesmo que não precise eu sei
Que tu estarás aqui
Mesmo que não exista
Eu sei que falas só para mim
Bye bye bye

Porque tudo que nos vem
Vai, vai, vai, cai, cai e outra bye bye bye
Bye bye bye
E quem queremos mais
Vai, vai, sai, sai e outra bye bye bye
Bye bye bye

Enviada por Inês. Legendado por João. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog