Inverno

Dinho Ouro Preto

O cheiro do inverno
entra pela pele
frio como a neve
que eu nunca vi

se não chover todos verão
o inverno no seu corpo coberto

o gosto do inverno
entra pelos olhos
branca como as nuvens
que eu nunca toquei

se não amanhecer
todos verão
o inverno nos seus braços abertos

eu só ouço o silêncio
quebrar o gelo do inverno

o cheiro do inverno
brinca pela sala
leve como as flores
que eu nunca te dei

quando eu acordar todos verão
o inverno no meu quarto deserto

o gosto do inverno
anda de mãos dadas
com o vento quente
que nos envolveu

quando eu acordar todos verão
o inverno chegando mais perto


Posts relacionados

Ver mais no Blog