Lily

Diaura

Original Tradução Original e tradução
Lily

Shiroi hanataba o kakaete waratteru
Fureru yubi, kuchibiru, konna ni mo kanjiru noni

Aisareru yorokobi o shiri boku wa konna ni yowaku natte shimatta yo
Sekaijuu ga iro o ushinatte kuzureteyuku suna no you ni koboreteyuku

Kimi no inai fuukei wa doko made mo tsudzuku rasen e to tsukiotosu
Namida ame no shirabe "sayonara" o kakikeshita

Yoru ga te o nobasu kara boku wa me o sorashiteta
Kodoku yori mo kowai no wa kimi o wasurete shimau asa

Kagirareta jikan no naka de hito wa deai wakare o kurikaesu
Arifureta hitotsu to shitemo tachikirenai omoi mo aru no deshou

Shiroi kabe ni kazatta fuukei to, kimi to iroasete shimattemo
Kawaranai kimi no mama boku no naka de ikiteite

Yoru ga te o nobasu kara boku wa me o sorashiteta
Kodoku yori mo kowai no wa kimi o wasurete shimau asa

Kimi ga me o samasu nara boku wa te o sashidasou
Kanashii hodo yasuraka na hohoemi ni mou ichido aitai

Taguriyoseta akai ito tadayo'u kako
Mou daremo furesasenai kono sekai

Yoru ga te o nobasu kara boku wa me o sorashiteta
Kodoku yori mo kowai no wa kimi o wasurete shimau asa

Kimi ga me o samashitara kikasetai uta ga aru yo
Shiroi hanataba, amai yume, madoromi, yureru

Lírio

Você sorri enquanto segura um ramo de flores brancas
Tento tocar seus lábios, mas meus dedos não podem mais sentir

Eu conheci a felicidade a te amar e esse sentimento se enfraqueceu quando te perdi
O mundo perdeu sua cor normal, uma tempestade de areia perdeu seu caminho e caiu sobre mim

Este cenário em que você esta ausente me empurra para uma espiral contínua
A melodia é uma garoa que desvanece nosso adeus

A noite se estende a mim apesar de tentar escapar,
Me assusta a solidão, pois sei que nunca te esquecerei

No limitado tempo existencial das pessoas, as separações ocorrem repetitivamente
Geralmente um rompe, mas este enorme sentimento de arrependimento continua

Esse cenário que te mostrei se converteu em uma parede branca, eu perdi você e essas cores...
Mas enquanto não mudar, minha existência seguirá intacta

A noite se estende á mim apesar de tentar escapar,
Me assusta a solidão, pois sei que nunca te esquecerei

Quis me embriagar de ti e te ter em meus braços,
Transformar esta tristeza em tranquilidade, quis te ver sorrir para mim ao menos uma vez mais

O fio vermelho que levamos desde o início e que nos une
Não pode ser destruído por nada nesse mundo

A noite se estende á mim apesar de tentar escapar,
Me assusta a solidão, pois sei que nunca te esquecerei

Eu escrevi uma canção para cantar à você quando despertares,
Um ramo de flores brancas, um doce sonho, um sonho partido, e um trêmulo...

Enviada por Thales e traduzida por Keiko. Legendado por Keiko.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Diaura

Ver todas as músicas de Diaura