Malha Fina

Dialeto Sound Crew

Sobrevivente desse tempo pensamento é mil grau
Minhas armas são caneta, ideia e rap nacional
Não pago pau não sou normal não sou padrão de referencia
Faço rap pro fundão na contra mão da consequência
Inteligencia pensamento objetivo eu miro o alvo
Acerto tiro de palavra e confiro meu disparo
Vô no faro sigo o rastro no bote que nem serpente
Me preparo pra um ataque venenoso em sua mente

Persistente perigoso esporando como arraia
Faço um verso que cortante como fio da navalha
Na batalha não dou falha vou pra cima kamikaze
O sistema vai cair quando ver nossa coragem
Sem massagem nem viagem não tem boi pra pilantragem
"Nois" não leva desaforo e nesse jogo é só vantagem
"Cabritagem" é cobrada quem vacila vai pro saco
Deus é doador da vida mais a rua faz o parto, mas a rua faz parto

Inevitável nesse rumo não teremos paz
Existe um mundo de consumo e "nóis" não somos iguais não da mais a vida traz o resultado das escolhas
Se não souber plantar talvez você não colha
Me perdoa qualquer coisa e não me leve a mal
No que digo sou movido por um ideal na real sou
Mais sou comum primeiramente sobrevivente desse mundo deprimente

Tem muita gente boa que não se acertou
Passou na malha fina mais não se aguentou o tempo
Passou a vida arrocha o sapato se você não "guetou" dançou e "supapo"
Um abraço o fracasso é tipo não tentar o longe
Só existe pra quem pensa que não vai chegar
Se é devagar não da pra ter expectativa

Só posso esperar que você nunca desista
Sou otimista e creio na promessa sei que uma conquista
Não depende da minha pressa somos todos figurantes
Jah é o principal da peça o resto nem interessa

Composição: Apoena Ferreira / Dudulino
Enviada por Dialeto.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Dialeto Sound Crew

Ver todas as músicas de Dialeto Sound Crew