A Noite Ouviu

Desvio Padrão

Palavras num muro, já é tarde pra saber
Quem se esconde no escuro, quem espera por você.
Eu invento uma história para distraído andar,
Não há ninguém pra ouvir, não há ninguém pra duvidar.

Insano e disperso contei sobre mim.
Do sol me despeço desde onde eu vim.
Anoiteceu e eu longe de conhecer
As ruas onde procurei por você.

Esquinas desertas, ouço alguém me chamar.
A cidade na certa sabe onde eu vou passar.
Mesmo que eu lhe conte tudo aquilo que eu vi,
Vou sozinho na noite, pois a noite vai me ouvir.

Uns restos, uns traços por noites a fio.
Moinhos que só giram quando faz frio.
Anoiteceu e eu longe de conhecer
As ruas onde procurei por você.

A noite ouviu
Tudo sobre mim,
Dela nada eu sei.
A noite caiu
Sobretudo sobre mim
Foi quando acordei.

Composição: Ricardo Carniel
Enviada por Rodriga.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog