Coroado

Denise Emmer

Eu pensei sinceramente
Em lhe escrever um bilhete
Dizendo que há gente morrendo
Que há gente nascendo
Na porta da sua casa, da sua moradia
Na porta da folia

Até mesmo pensei em lhe mandar um recado
Endereçado ao autor do mundo
Endereçado á autoridade, a responsabilidade
Na porta da sua casa, da sua moradia
Na porta da folia
Na porta da folia

Eu trago em mim um grande abraço
Que envolve o resto do universo
E dentro dele tem um sol imenso
Tem bandeira de ar
Na porta da sua casa, da sua moradia
Na porta da folia

Ontem, bem me lembro foi domingo
E a rua estava cheia de festejos
Domingo é, domingo foi
Domingo no coração
Na porta da sua casa, da sua moradia
Na porta da folia

Mas eu tenho pensado sinceramente
Em lhe escrever um bilhete
Dizendo, havia gente morrendo
E há gente nascendo
Na porta da sua casa, da sua moradia
Na porta da folia

Composição: Denise Emmer
Enviada por Helio.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Denise Emmer

Ver todas as músicas de Denise Emmer