Strangers When We Meet

David Bowie

Original Tradução Original e tradução
Strangers When We Meet

Yooou, yooou, yooou
Yooou, yooou, yooou

All our friends
Now seem so thin and frail
Slinky secrets
Hotter than the sun

No pecchy frairs
No trendy rechauffe
I'm with you
So I can't go wrong

All my violence
Raining tears upon the sheet
I'm bewildered
For we're strangers when we meet

Blank screen tv
Preening ourselves in the snow
Forget my name
But I'm over you

Blended sunrise
And it's a dying world
Humming rheingold
We scavenge up our clothes

All my violence
Raging tears upon the sheet
I'm bewildered
For we're strangers when we meet

Cold tired fingers
Tapping out your memories
Halfway sadness
Dazzled by the new

Your embrace
It was all that I feared
That whirling room
We trade by vendu

Steely resolve
Is falling from me
My poor soul
All bruised passivity

All your regrets
Ride rough-shod over me
I'm so glad
That we're strangers when we meet
I'm so thankful
That we're strangers when we meet
I'm in clover
For we're strangers when we meet
Heel head over
But we're strangers when we meet

Strangers when we meet
Strangers when we meet
Strangers when we meet
Strangers when we meet
Strangers when we meet
Strangers when we meet
Strangers when we meet
Strangers when we meet

Estranhos Quando Nos Conhecemos

Você, você, você
Você, você, você

Todos nossos amigos
Agora parecem tão escassos e frágeis
Segredos esquivos
Mais quentes que o sol

Nenhum frade asseado
Nenhuma moda requentada
Estou com você
Então eu não posso errar

Toda minha violência
Chovendo lágrimas sobre os lençóis
Estou confuso
Por sermos estranhos ao nos conhecermos

Tela da TV em branco
Nos enfeitamos a nós mesmos na neve
Esqueça meu nome
Mas eu te esqueci

Sorriso homogêneo
E é um mundo que morre
Murmurando rheingold
Nós limpamos nossas roupas

Toda minha violência
Irando lágrimas sobre os lençóis
Estou resentido
Por sermos estranhos ao nos conhecermos

Dedos frios cansados
Tocando suas memórias
Em meio caminho à tristeza
Deslumbrados pelo novo

Seu abraço
Era tudo o que temia
Aquela sala rodopiante
Nós trocamos por vendido

Decisão dura como o aço
Está caindo de mim
Minha pobre alma
Toda machucada em passividade

Todos os seus arrependimentos
Cavalgam brutalmente sobre mim
Sou tão feliz
Que somos estranhos ao nos conhecermos
Eu sou tão agradecido
Que somos estranhos ao nos conhecermos
Eu sou sortudo
Por sermos estranhos ao nos conhecermos
Fora de controle
Mas somos estranhos ao nos conhecermos

Estranhos ao nos conhecermos
Estranhos ao nos conhecermos
Estranhos ao nos conhecermos
Estranhos ao nos conhecermos
Estranhos ao nos conhecermos
Estranhos ao nos conhecermos
Estranhos ao nos conhecermos
Estranhos ao nos conhecermos

Composição: David Bowie
Enviada por Jefferson e traduzida por Galdino. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de David Bowie

Ver todas as músicas de David Bowie