LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Mala Fama

Danna Paola

Mala Fama

Fama
Dicen que tengo mala fama
Que me enamoro por la noche
Y se me pasa la mañana, ah

Culpa
Lo siento, no tengo la culpa
Que no me dan lo suficiente
Yo soy exigente y los nenes se asustan

Lo primero es que sea soltero
Con cerebro sería el dos
Que esté bueno va de tercero
Y de paso que tenga buen humor

Así, sí
Así, sí lo quiero para mí, mí
Y cuando me lo encuentre
Yo no, no, no lo dejo ir de aquí

Así, sí
Así lo quiero para mí, mí
Y cuando me lo encuentre
Yo no, no, no lo dejo
Mira que no, yo no lo suelto, no

Que si me fui con Maluma, no
Dicen que Yatra y Ozuna, no
Yo duermo sola en mi cama
Y no me preocupa mi mala fama

Yo hago lo que quiero
Si me da la gana
No busco un Romeo
De fin de semana

Que me venda las estrellas
Sin llevarme al cielo
Las promesas falsas
Se las lleva el viento

Vuela que vuela que se perdió
Si hay un culpable, esa no soy yo
Si digo que no es porque no quiero
Pero al indicado no le pongo un pero

Vuela que vuela que se perdió
Si hay un culpable, esa no soy yo
Si digo que no es porque no quiero
Pero al indicado

Así, sí
Así lo quiero para mí, mí
Y cuando me lo encuentre
Yo no, no, no lo dejo ir de aquí

Así, sí
Así lo quiero para mí, mí
Y cuando me lo encuentre
Yo no, no, no lo dejo
Mira que no, yo no lo suelto, no

Que si me fui con Maluma, no
Que si Neymar o que Ozuna, no
Yo duermo sola en mi cama
Y no me preocupa mi mala fama

Lo primero es que sea soltero
Con cerebro sería el dos
Que esté bueno va de tercero
Y de paso que tenga buen humor

Así, sí
Así, sí lo quiero para mí, mí
Y cuando me lo encuentre
Yo no, no, no lo dejo ir de aquí

Así, sí
Así, sí lo quiero para mí, mí
Y cuando me lo encuentre
Yo no, no, no lo dejo
Mira que no, yo no, no lo suelto, no

Má Fama

Fama
Eles dizem que eu tenho uma má fama
Que eu me apaixono à noite
E de manhã já não sinto nada, ah

Culpa
Me desculpe, não é minha culpa
Que eles não me dão o suficiente
Eu sou exigente e os meninos se assustam

A primeira coisa é ser solteiro
Usar o cérebro seria a segunda
Que seja bonito vai em terceiro lugar
E para completar que tenha bom humor

Assim, sim
É desse jeito que quero pra mim, mim
E quando eu o encontrar
Eu não, não, não o deixarei ir embora

Assim, sim
É desse jeito que quero pra mim, mim
E quando eu o encontrar
Eu não, não, não o deixarei
Olha que não, eu não o soltarei, não

Se eu fiquei com Maluma, não
Dizem que com Yatra e Ozuna, não
Eu durmo sozinha na minha cama
E não ligo pra minha má fama

Eu faço o que quero
O que me der vontade
Não estou procurando um Romeu
Para o fim de semana

Que me faça ver estrelas
Sem me levar ao céu
As falsas promessas
São levadas pelo vento

Voou, voou e se perdeu
Se há um culpado, não sou eu
Se eu disser que não é porque eu não quero
Mas ao escolhido eu não coloco condições

Voou, voou e se perdeu
Se há um culpado, não sou eu
Se eu disser que não é porque eu não quero
Mas ao escolhido

Assim, sim
É desse jeito que quero pra mim, mim
E quando eu o encontrar
Eu não, não, não o deixarei ir embora

Assim, sim
É desse jeito que quero pra mim, mim
E quando eu o encontrar
Eu não, não, não o deixarei
Olha que não, eu não o soltarei, não

Se eu fiquei com Maluma, não
Foi com Neymar ou com Ozuna, não
Eu durmo sozinha na minha cama
E não ligo pra minha má fama

A primeira coisa é ser solteiro
Usar o cérebro seria a segunda
Que seja bonito vai em terceiro lugar
E para completar que tenha bom humor

Assim, sim
É desse jeito que quero pra mim, mim
E quando eu o encontrar
Eu não, não, não o deixarei ir embora

Assim, sim
É desse jeito que quero pra mim, mim
E quando eu o encontrar
Eu não, não, não o deixarei
Olha que não, eu não o soltarei, não

Enviada por Fabiélio e traduzida por Mariana. Legendado por Veronica. Revisões por 5 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog